Saltar para o conteúdo principal da página

A Charola do Convento de Cristo – História e Restauro

sem imagem

O trabalho de restauro da Charola do Convento de Cristo, em Tomar, concluído em 2013 após seis anos de intervenção e mais de 25 anos de estudo e conservação

Regista e pretende divulgar mais de 25 anos de estudo, conservação e restauro de um dos mais originais e emblemáticos monumentos da arquitetura templária e da Arte europeia

A obra assinala o trabalho das várias equipas multidisciplinares e o apoio mecenático da Cimpor "à extensa e exigente intervenção, que decorreu entre 2007 e 2013

Esta intervenção abrangeu uma área de cerca de 2.000 metros quadrados de ornamentação do período manuelino, do início do século XVI, tendo-se as equipas multidisciplinares que aí intervieram debatido com a multiplicidade de suportes e técnicas artísticas, sem paralelo em território português e que converteram este local num paradigma da Arte Portuguesa (pintura sobre pedra, escultura em madeira policromada, talha dourada, guadamecil, estuques pintados e pintura de cavalete de grandes dimensões)

Referência: IPPBLIV15211501

Dimensões:

Peso: