Saltar para o conteúdo principal da página

Projeto ROSSIO - Ciências Sociais, Artes e Humanidades

O que é?

O ROSSIO é uma infraestrutura portuguesa de investigação de referência para as Ciências Sociais, Artes e Humanidade, integrada no Roteiro Nacional de Infraestruturas de Investigação de Interesse Estratégico para 2014 – 2020, coordenada pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas / Nova, sendo responsável pelo desenvolvimento do mesmo Amélia Aguiar Andrade, do Departamento de História.

Objetivo

Tem como objetivo principal a criação e alimentação de uma plataforma de divulgação de conteúdos digitais de qualidade e de acesso aberto, que contribuirá para a excelência e a internacionalização da investigação.

Parceiros

A Infraestrutura reúne, em consórcio, um número ímpar de prestigiadas entidades - a Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema, a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, a Direção-Geral do Património Cultural, a Fundação Calouste Gulbenkian, o Município de Lisboa, e o Teatro Nacional D. Maria II – as quais irão disponibilizar um conjunto de documentação autêntica representativa da riqueza, património cultural, diversidade, história e sociedade portuguesa.

Financiamento

Aprovado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), o projeto conta com o financiamento de cerca de 3 milhões de euros, no quadro do Programa Operacional Regional de Lisboa (Portugal 2020), cabendo à DGPC a verba de 697.302,00€. 

Duração

A preparação da nova plataforma terá a duração de três anos, tendo-se iniciado em dezembro de 2017 e será concluído em dezembro de 2020, altura em que se concluirá o carregamento dos dados na mesma.

A DGPC no Projeto ROSSIO

Durante estes três anos, a DGPC irá contar com uma melhoria dos seus meios tecnológicos e de recursos humanos, visando a fusão e a otimização dos dois sistemas de inventário de património arquitetónico existentes na instituição, permitindo a difusão de parte dos seus arquivos e bancos de dados a uma maior escala e segundo uma estrutura de metadados comum às instituições que integram o projeto, em linha com padrões internacionais e enriquecidos com informação inter-relacionada e contextualizada.