Saltar para o conteúdo principal da página

Principais resultados: Estudo de Públicos do Museu Nacional do Azulejo

Principais resultados: Estudo de Públicos do Museu Nacional do Azulejo

O Estudo de Públicos de Museus Nacionais (EPMN) foi promovido pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), entidade responsável pelas políticas museológicas em Portugal, e visou a produção de informação atualizada e fiável sobre os públicos, para o conjunto e para cada um dos museus tutelados pela DGPC, num leque alargado de dimensões, promovendo assim o seu conhecimento e, por essa via, uma melhor resposta aos desafios que a relação dos museus com os públicos vem colocando.

O Estudo tem como parceiro científico o Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Instituto Universitário de Lisboa (CIES-IUL) e contou com o apoio mecenático da Fundação Millennium bcp e da ONI.

No Estudo participaram 14 museus tutelados pela DGPC incluindo o Museu Nacional do Azulejo (MNAz) cujos principais resultados aqui se apresentam.

Equipa de investigação na análise dos resultados:

ISCTE-IUL, CIES-IUL: José Soares Neves (coordenação científica), Jorge Santos, Maria João Lima, Teresa Moura Pereira, Caterina Foà e Margarida Schiappa.

Mecenas exclusivo: Fundação Millennium bcp

Equipa executiva de concepção e aplicação do estudo:

DMCC/DGPC: Manuel Bairrão Oleiro, Teresa Mourão (coordenação executiva), Nuno Fradique Gonçalves, Teresa Moura Pereira, Ricardo Rosado. ISCTE-IUL, CIES-IUL: José Soares Neves e Jorge Santos. MNAz/DGPC: Maria Antónia Pinto de Matos (dir.), Alexandre Pais, Dora Fernandes, José Pedro Costa Pereira e equipa MNAz.

Mecenas: Fundação Millennium bcp e ONI.

Edição: Direção-Geral do Património Cultural

Edition: Direção-Geral do Património Cultural

Download

Veja também:

A Pintura Mural no Real Paço da Ajuda

Referência: IPPBLIV15257650

RP - Revista Património, Nº3,

Referência: IPPBREV16412201

Os painéis de São Vicente em Pop - up

Referência: IPPBLIV15316557