Saltar para o conteúdo principal da página

Casa das Nunes - detalhe

Designação

Designação

Casa das Nunes

Outras Designações / Pesquisas

Categoria / Tipologia

-

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Beja / Moura / Moura (Santo Agostinho e São João Baptista) e Santo Amador

Endereço / Local

Rua da Vista Alegre
Moura

Número de Polícia: 2 e 6 A

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IM - Interesse Municipal

Cronologia

Classificação aprovada pela AM de Moura em 10-12-2004

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Imóvel
Adossado à muralha exterior do castelo de Moura (face sudoeste) e numa posição altaneira relativamente à rua, o edifício designado habitualmente por "Casa das Nunes", corresponde a um imóvel com caraterísticas enquadráveis na arquitetura do século XIX, nomeadamente o tipo de vãos e remate dos alçados.
De notar que adossado à fachada nascente deste imóvel surge um paredão onde se encontra a interessante "Bica de Santa Comba" com arranjo decorativo efetuado pela Câmara de Moura em 1891. Neste chafariz de cantaria com arca de água e duas bicas com cabeças de leões, destaca-se a estátua da Santa Comba em vulto perfeito.
O imóvel de planta retangular surge rematado superiormente por uma balaustrada em faiança. Sobre esta balaustrada distribuem-se um conjunto de figuras humanas e vasos decorativos igualmente em faiança. Os cantos das fachadas são rematados por pilastras que, tal como a cornija de remate superior, são em massa. O imóvel possuiu três pisos sendo que, no piso térreo, existem alguns vãos entaipados e outros alterados em relação ao perfil original, certamente fruto de uma mudança de usos.
O alçado principal, com orientação Sudoeste, bem como o alçado nascente, apresentam no primeiro e segundo piso janelas de sacada com moldura de pedra de verga curva. Em redor destes vãos surge uma decoração em massa com motivos geométricos e fitomórficos, sendo que no primeiro piso as janelas ostentam varandins em ferro forjado enquanto as do segundo piso apenas uma guarda. É de notar que no alçado poente os vãos encontram-se todos entaipados.
No interior é de destacar, como elementos de interesse, as abóbadas do piso térreo, as portadas de madeira e as portas que, no piso superior, apresentam ainda vitrais coloridos.

História
Em 2004 quando deu entrada no ex. IPPAR um pedido de reabilitação, o imóvel ainda se encontrava em relativo bom estado de conservação no entanto, passados estes anos, verifica-se que, lamentavelmente, o mesmo continua sem uso e a degradar-se.

Maria Ramalho/DGPC/2019.