Saltar para o conteúdo principal da página

Santuário Rupestre de Garfe - detalhe

Designação

Designação

Santuário Rupestre de Garfe

Outras Designações / Pesquisas

Santuário Rupestre de Garfe / Pias de Mouros / Santuário de Garfe / Penedo das Pias (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

-

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Braga / Póvoa de Lanhoso / Garfe

Endereço / Local

- -
Lugar da pena

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como SIP - Sítio de Interesse Público

Cronologia

Portaria n.º 322/2020, DR, 2.ª série, n.º 63, de 30-03-2020 (com ASA) (ver Portaria)
Relatório final do procedimento aprovado por despacho de 6-05-2019 da diretora-geral da DGPC
Anúncio n.º 15/2019, DR, 2.ª série, n.º 11, de 16-01-2019 (ver Anúncio)
Despacho de concordância de 13-11-2018 da diretora-geral da DGPC
Parecer favorável de 10-10-2018 da SPAA do Conselho Nacional de Cultura
Proposta de 12-09-2016 da DRC do Norte para a classificação como SIP do Santuário Rupestre de Garfe
Anúncio n.º 89/2016, DR, 2.ª série, n.º 51, de 14-03-2016 (ver Anúncio)
Despacho de abertura de 7-01-2016 do diretor-geral da DGPC
Nova proposta de abertura de 22-12-2015 da DRC do Norte
Proposta de 24-04-2006 da DR do Porto para a abertura da instrução de processo de classificação
Proposta de classificação de 10-12-1996 da CM da Póvoa de Lanhoso

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Sítio
Localizado no lugar de Pena, no limite da freguesia de Garfe, o Santuário rupestre de Garfe implanta-se num afloramento rochoso no topo de uma encosta voltada à ribeira de Teire.
No sítio dispõem-se três tanques escavados; o maior, em forma de T, está orientado de Este para Oeste; o segundo, menos profundo e paralelo ao primeiro, apresenta forma retangular; o terceiro, também retangular, dispõe-se perpendicularmente em relação aos restantes. Na vertente sul do penedo, junto ao terceiro tanque, exibem-se dois degraus de acesso talhados na rocha. A face do penedo foi rasgada a pico por forma a criar um altar.
Na envolvente do espaço, apesar da cobertura da vegetação, podem ver-se vestígios de outras estruturas que estariam também relacionadas com o culto ali praticado, indicando que o santuário terá uma estrutura maior do que atualmente se conhece.
História
O Santuário de Garfe "enquadra-se num reduzido número de monumentos interpretados, até à data, como espaços sagrados da Antiguidade Clássica, caracterizados por se identificarem com grandes afloramentos rochosos, conotados com divindades veneradas pelos povos indígenas." (Fernandes: 2016, 5). Este tipo de santuários rupestres, grandes rochedos com tanques quadrangulares, são também conhecidos pelas designações de Pias de Mouros, ou Penedos das Pias, desconhecendo-se se seriam locais de culto ao ar livre, tal como hoje se apresentam, ou se estariam enquadrados dentro de construções clássicas (Maciel: 2007, 27).
A datação deste espaço para culto a divindades lusitanas não está definida; no entanto, a existência de tanques quadrangulares de tamanhos distintos, e a comparação da própria estrutura com outros santuários similares do Norte de Portugal já estudados, nomeadamente Panóias e Algeriz, indiciam que Garfe poderá ter sido construído no período "da romanização da Península Ibérica" (Fernandes: 2016, 8).
O Santuário de Garfe está em vias de classificação.
Catarina Oliveira
DGPC, 2017

Imagens

Bibliografia

Título

A Cultura Castreja no Noroeste de Portugal

Local

Paços de Ferreira

Data

1986

Autor(es)

SILVA, Armando Coelho Ferreira da

Título

Imagens de arquitecturas: Quadrata, Lacus e Laciculi nos santuários rupestres do período romano em Portugal. Revista do IHA, n.º 3, pp. 24-39

Local

Lisboa

Data

2007

Autor(es)

MACIEL, Manuel Justino Pinheiro

Título

Santuários rupestres no ocidente da Hispania indo-europeia. Ensaio de tipologia e classificação. Palaeohispania, n.º 10, pp. 147-172

Local

Zaragoza

Data

2010

Autor(es)

SANTOS, Maria João Correia

Título

Antiqua: apontamentos de arqueologia

Local

Guimarães

Data

1999

Autor(es)

SARMENTO, Francisco Martins

Título

Santuário rupestre de Garfe, Póvoa de Lanhoso (www.mun-planhoso.pt)

Local

-

Data

2016

Autor(es)

FERNANDES, Orlando