Saltar para o conteúdo principal da página

Sítio Arqueológico da Granja dos Serrões - detalhe

Designação

Designação

Sítio Arqueológico da Granja dos Serrões

Outras Designações / Pesquisas

Villa Romana da Granja dos Serrões / Villa Romana da Granja dos Serrões / Sítio Arqueológico da Granja dos Serrões(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

-

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Lisboa / Sintra / Almargem do Bispo, Pêro Pinheiro e Montelavar

Endereço / Local

- -
Granja dos Serrões

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como SIP - Sítio de Interesse Público

Cronologia

Portaria n.º 268/2013, DR, 2.ª série, n.º 90, de 10-05-2013 (com restrições) (ver Portaria)
Procedimento prorrogado até 30-06-2013 pelo Decreto-Lei n.º 265/2012, DR, 1.ª série, n.º 251, de 28-12-2012 (ver Diploma)
Relatório final do procedimento aprovado por despacho de 21-11-2012 da diretora-geral da DGPC
Anúncio n.º 13545/2012, DR, 2.ª série, n.º 197, de 11-10-2012 (ver Anúncio)
Despacho de concordância de 11-04-2012 do diretora-geral da DGPC
Parecer favorável de 26-03-2012 da SPAA do Conselho Nacional de Cultura, propondo a alteração da designação para "Sítio Arqueológico da Granja dos Serrões"
Proposta de 24-02-2012 da DRC de Lisboa e Vale do Tejo para a classificação como SIP
Procedimento prorrogado pelo Decreto-Lei n.º 115/2011, DR, 1.ª série, n.º 232, de 5-12-2011 (ver Diploma)
Procedimento prorrogado pelo Despacho n.º 19338/2010, DR, 2.ª série, n.º 252, de 30-12-2010 (ver Despacho)
EDITAL N.º 342/2005 de 11-07-2005 da CM de Sintra
Despacho de abertura de 12-10-2004 da vice-presidente do IPPAR
Proposta de 27-09-2004 da DR de Lisboa para a abertura de procedimento de classificação de âmbito nacional
Parecer favorável de 10-09-2004 do IPA
Proposta de classificação de Abril de 1999 da CM de Sintra, com a designação de "Villa Romana da Granja dos Serrões"

ZEP

Portaria n.º 268/2013, DR, 2.ª série, n.º 90, de 10-05-2013 (com restrições)) (ver Portaria)
Relatório final do procedimento aprovado por despacho de 21-11-2012 da diretora-geral da DGPC
Anúncio n.º 13545/2012, DR, 2.ª série, n.º 197, de 11-10-2012 (ver Anúncio)
Despacho de concordância de 11-04-2012 do diretora-geral da DGPC
Parecer favorável de 26-03-2012 da SPAA do Conselho Nacional de Cultura
Proposta de 24-02-2012 da DRC de Lisboa e Vale do Tejo
Proposta de 6-02-2006 do IPA para que a ZEP corresponda à ZP de 50 m

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Sítio
O sítio arqueológico da Granja dos Serrões abrange vários terrenos agrícolas encontrando-se nas proximidades de um campo dos lápias de calcários cretácicos, um dos mais interessantes Geomonumentos do país.
O local apresenta uma ocupação muito alargada no tempo com cronologias desde o Neolítico, Calcolítico, Romano e Medieval, destacando-se os vestígios do período romano. Desta época foram detetadas estruturas habitacionais pertencentes à pars rustica de uma villa romana com cronologia entre o séc. III e IV d.C. Estas estruturas integram um corredor externo pavimentado orientado no sentido Este-Oeste e três compartimentos adjacentes de planta quadrangular. Foi também identificada parte de uma muralha constituída por grandes blocos de pedra e fragmentos cerâmicos reaproveitados como material de construção, correspondendo esta a uma fase de construção mais tardia da villa. Neste sítio arqueológico foi ainda estudada uma necrópole alto-medieval com sepulcros que reaproveitaram o material pétreo romano.
Ainda neste território, numa zona mais elevada, foi descoberto um conjunto de epígrafes que estariam associadas à existência de um templo consagrado a Júpiter.
Dos abundantes materiais arqueológicos recolhidos ao longo dos anos destaca-se o conjunto de "cerâmica campaniense A" que permite definir a primeira ocupação do local no século I. a. C., bem como um vasto grupo de sigillatas itálicas, sudgálicas e hispânicas.
Num dos três compartimentos quadrangulares da pars rustica foram encontradas, em contexto selado, centenas de tesselas de cor branca e outras por talhar, associadas a instrumentos de ferro supondo-se, assim, que este espaço correspondesse a uma oficina de talhe.
Esta produção estaria, sem dúvida, associada à abundância de matéria-prima na região, podendo mesmo tratar-se de uma atividade relacionada com a comercialização de tesselae (CAETANO, 2007, p. 66).
Entre os materiais encontrados é ainda de destacar a presença de várias moedas cunhadas entre o século III e IV d. C., sendo que todos os materiais recolhidos no local encontram-se conservados no Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas.

História
O sítio arqueológico da Granja dos Serrões foi noticiado pela primeira vez nos anos cinquenta do século XX quando, na sequência de obras realizadas em algumas casas situadas na povoação mais próxima, foi descoberto um conjunto de inscrições romanas. Já nos anos setenta, grupos de "arqueólogos amadores" prospetaram o local tendo identificado vestígios de estruturas habitacionais romanas (BELCHIOR, 1994, p. 1).
Posteriormente, nos anos oitenta, o "Gabinete de Estudos de Arqueologia, Arte e Etnografia de Sintra" detetou e recolheu novas inscrições levando à identificação de um templo consagrado a Júpiter.
O local só foi escavado cientificamente nos anos noventa (1994-95), no contexto de uma intervenção de emergência resultante da construção da "Via de Cintura da Área Metropolitana de Lisboa Norte".

Ana Teresa Henriques e Maria Ramalho/DGPC/2018.

Imagens

Bibliografia

Título

Estudos Historico-Epigraficos em torno da figura de L. IVLIVS MAELO CAVDICVS.

Local

-

Data

-

Autor(es)

-

Título

Opera Mvsiva:uma breve reflexão sobre a origem, difusão e iconografia do mosaico romano. Revista de História de Arte, nº 3.

Local

Lisboa

Data

2007

Autor(es)

CAETANO, Maria Teresa

Título

A Villa Romana da Granja dos Serrões. Resultados preliminares da escavação de emergência. Relatório de escavação

Local

Lisboa

Data

1995

Autor(es)

Cláudia BELCHIOR

Título

A segunda intervenção arqueológica na Granja dos Serrões-1995. Concelho de Sintra Relatório da escavação.

Local

Lisboa

Data

1996

Autor(es)

Cláudia BELCHIOR