Saltar para o conteúdo principal da página
Património Cultural

Capela de Santa Cristina e Cruzeiro adjacente - detalhe

Designação

Designação

Capela de Santa Cristina e Cruzeiro adjacente

Outras Designações / Pesquisas

Capela de Santa Cristina (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Capela

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Lisboa / Mafra / Azueira e Sobral da Abelheira

Endereço / Local

- -
Santa Cristina

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 45/93, DR, I Série-B, n.º 280, de 30-11-1993 (ver Decreto)
Edital N.º 171/84 de 5-09-1984 da CM de Mafra
Despacho de homologação de 20-07-1984 do Ministro da Cultura
Despacho de concordância de 18-07-1984 do presidente do IPPC
Parecer de 29-06-1984 da Assessoria Técnica do IPPC a propor a classificação da Capela de Santa Cristina e cruzeiro adjacente
Em 18-05-1984 e 24-05-1984 a CM de Mafra enviou documentação para instrução do processo de classificação
Proposta de 6-02-1981 da CM de Mafra para a classificação da Capela de Santa Cristina

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Tendo sido edificada como um templo rural, não se conhece a data exacta de fundação da Capela de Santa Cristina. Embora a sua tipologia exterior indique uma traça da segunda metade do século XVII, o seu interior é quinhentista. Pensa-se que a sua edificação, ou a execução de algumas campanhas de obras, se deveu à acção mecenática dos Condes de S. Miguel, proprietários rurais naquela zona. Este templo destaca-se pela sua decoração interior, com pinturas de fresco, tábuas e telas dos séculos XVI e XVII, painéis de azulejos, e imagens de vulto quinhentistas.
A Capela de Santa Cristina possui planta longitudinal, composta por justaposição de dois corpos rectangulares, correspondentes à nave, única, e à capela-mor. A fachada principal, dividida em três corpos separados por pilastras, apresenta ao centro portal de moldura rectangular simples, rematado por pequeno frontão angular e encimado por janelão rectangular de lintel encurvado e avental de cantaria. O pano murário é rematado por friso e frontão triangular encimado por cruz. Os corpos laterais possuem dois janelos e são coroados por sineiras. Do lado direito da fachada foi adossado alpendre rectangular, cujo telhado assenta sobre arquitrave apoiada em sete colunas de fuste liso, assentes sobre murete. Na fachada oposta foram edificadas construções secundárias, de piso único.
Interiormente, o espaço da nave é decorado até meio por revestimento azulejar de tapete, sobre o qual estão dispostas sete tábuas quinhentistas, com representações de Santo Antão e São João Baptista, sendo coberto por abóbada de berço ornamentada por motivos vegetalistas pintados a fresco. Em cada uma das paredes laterais possui altar com retábulos, o da Epístola com tela de Nossa Senhora da Conceição entre a Rainha Santa Isabel e São Domingos, o do Evangelho dedicado a Santo António. Junto a esta, o púlpito, com base de mármore e guarda de madeira, possui inscrição relativa a privilégio concedido pelo Papa Clemente IX em 1667. O espaço da capela-mor é decorado de forma semelhante ao da nave, com painéis de azulejos e abóbada pintada com frescos, possuindo ao centro retábulo de talha dourada com trono que insere imagem de pedra policroma de Santa Cristina, provavelmente executada no século XVI. Nas paredes laterais estão dispostas duas telas dedicadas à vida da padroeira.
Junto ao templo foi colocado cruzeiro, assente sobre embasamento de seis faces, em cuja face se encontra inscrição alusiva à sua edificação, com a data de 1688.
Em 1807 era executada campanha de restauro, ou reedificação, da capela, como atesta a lápide colocada na fachada.
Catarina Oliveira
GIF/IPPAR/ 24 de Maio de 2004

Imagens

Bibliografia

Título

Carta do Património do Concelho de Mafra. 1 - Lavabos de Sacristia, Boletim Cultural '97, pp.371-396

Local

Mafra

Data

1998

Autor(es)

VILAR, Maria do Carmo

Título

Património artístico da Azueira, in Boletim Cultural'93 - Câmara Municipal de Mafra

Local

Mafra

Data

1994

Autor(es)

VILAR, Maria do Carmo

Título

Monumentos e Edifícios Notáveis do Distrito de Lisboa, vol. III (Mafra, Loures e Vila Franca de Xira)

Local

Lisboa

Data

1963

Autor(es)

AZEVEDO, Carlos de, FERRÃO, Julieta, GUSMÃO, Adriano de

Título

Identidades. Património Arquitectónico do Concelho de Mafra

Local

Mafra

Data

2009

Autor(es)

FERNANDES, Paulo Almeida, VILAR, Maria do Carmo