Saltar para o conteúdo principal da página

Igreja de Nossa Senhora da Luz - detalhe

Designação

Designação

Igreja de Nossa Senhora da Luz

Outras Designações / Pesquisas

Igreja do Antigo Convento dos Religiosos Agostinhos Calçados / Igreja do Convento de Nossa Senhora da Luz / Igreja de Nossa Senhora da Luz do Convento dos Religiosos Agostinhos Calçados / Igreja de Nossa Senhora da Luz(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Igreja

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Portalegre / Arronches / Assunção

Endereço / Local

Largo General Norton de Matos
Arronches

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 45/93, DR, I Série-B, n.º 280, de 30-11-1993 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A Igreja de Nossa Senhora da Luz de Arronches foi fundada em 1570, por suposta iniciativa de frei Hilário de Jesus e de frei Francisco da Ressurreição, religiosos agostinhos, e sob os auspícios de D. Sebastião, destinando-se para a sua construção o local de uma primitiva ermida da mesma invocação. A ermida foi doada para este efeito a frei Diogo de S. Miguel, provincial da ordem de Santo Agostinho, por ordem do Bispo de Portalegre, D. André de Noronha. Junto à nova igreja erguer-se-ia igualmente uma casa monástica, o Convento dos Agostinhos Calçados, ou de Nossa Senhora da Luz.
A fachada principal do templo é antecedida por uma galilé vazada, nos três lados, por arcadas redondas sobre capiteis dórico-romanos e colunas lisas, em granito, à qual se acede por uma escadaria. Os cunhais da fachada são reforçados com maciços contrafortes graníticos de secção quadrada, divididos em dois registos, marcados pelo correr de uma cornija dupla que remata toda a galilé. Esta possui abóbada de cruzaria de ogivas, com fechos ainda em granito, e abriga o elegante pórtico renascença, em mármore, rasgado em arco redondo sobre pilastras, e ornado com medalhões e bustos em alto-relevo nos cantos, sob frontão concheado. A fachada é ainda aberta por uma janela de verga recta, sob empena triangular. À esquerda levanta-se a torre sineira, rematada por pequena cúpula.
O interior da igreja, de nave única, tem planta centrada, quase em cruz grega, composta pela capela-mor e por duas capelas laterais, cobertas por cúpulas e zimbórios assentes em quatro conchas. Na capela-mor conserva-se ainda um brasão de armas esgrafitado. SML

Bibliografia

Título

Inventário Artístico de Portugal - vol. I (Distrito de Portalegre)

Local

Lisboa

Data

1943

Autor(es)

KEIL, Luís

Título

Chronica da ordem dos conegos regrantes do patriarcha S. Agostinho

Local

-

Data

1668

Autor(es)

SANTA MARIA, Frei Nicolau de