Saltar para o conteúdo principal da página

Barragem romana do Pego da Moura - detalhe

Designação

Designação

Barragem romana do Pego da Moura

Outras Designações / Pesquisas

Barragem do Pego da Mina
Barragem das Represas / Barragem Romana do Pego da Moura / Barragem do Pego da Mina / Barragem das Represas(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arqueologia / Barragem

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Setúbal / Grândola / Grândola e Santa Margarida da Serra

Endereço / Local

- perto do Lugar das Represas, em Fonte dos Narizes, a c. de 2 km de Grândola, percorrendo a EN 261.
-

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 67/97, DR, I Série-B, n.º 301, de 31-12-1997 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Construída em plena época de ocupação romana do nosso território, esta barragem foi identificada já no dealbar do século XX, concluindo-se o seu processo de classificação apenas em 1996, após o que se deu início a uma sistemática campanha de investigação arqueológica no local.
Apresentando planta rectilínea, a barragem é composta por três muros justapostos de secção rectangular com seis contrafortes a jusante. Evidencia actualmente uma altura máxima de c. 3 m ao longo dos 40 m do seu comprimento. São ainda visíveis vestígios de uma primitiva abóbada e de uma azenha associada.
Entretanto, delineou-se um projecto de estudo sobre esta estrutura romana, da responsabilidade da Câmara Municipal de Grândola.
[AMartins]