Saltar para o conteúdo principal da página

Citânia de São Julião de Caldelas - detalhe

Designação

Designação

Citânia de São Julião de Caldelas

Outras Designações / Pesquisas

Citânia de São Julião de Caldelas (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arqueologia / Povoado Fortificado

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Braga / Vila Verde / Ponte

Endereço / Local

-- -
Lugar de Crasto

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 28/82, DR, I Série, n.º 47, de 26-02-1982 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Localizada nas proximidades de Vila Verde, este povoado fortificado do Bronze Final do Norte Atlântico insere-se, grosso modo, num dos dois grupos estabelecidos por alguns investigadores com base na caracterização formal dos seus respectivos habitats.
A Citânia de São Julião encontra-se implantada numa plataforma de altura, com boas condições naturais de defesa e abrangente domínio sobre a paisagem circundante, embora, em determinados momentos da sua existência, tenha surgido a necessidade de reforçar essas mesmas condições com a construção de alguns amuralhados com um fosso exterior, que, inicialmente, teria sido constituído por uma muralha de terra em talude. Era no interior destes panos de muralha que se erguiam as habitações (10) edificadas em pedra e materiais perecíveis, de planta circular e ovalada. Por is, tais evidências demonstrarão bem o estilo de vida sedentário das gentes que habitaram este povoado fortificado, reforçado, quer pela presença de pesos de tear, como pela descoberta de recipientes cerâmicos de grandes dimensões, a indicarem, claramente, a sua utilização como contentores de armazenamento de produtos decorrentes das actividades quotidianas da população local. Seria o caso dos agrícolas, tal como parece indicar a presença de algumas mós manuais de rebolo, as mesmas que servirão, no fundo, para corroborar a prevalência e sobrevivência de algumas tradições anteriores ao Bronze Final. Além destas actividades, a pesca teria ocupado, de igual modo, um lugar relativamente central na economia local, como atesta a descoberta de diversos pesos de rede.
[AMartins]

Bibliografia

Título

O Povoamento Proto-Histórico e a Romanização da Bacia do curso médio do Cávado, Cadernos de Arqueologia (Monografia)

Local

Braga

Data

1990

Autor(es)

-

Título

A Citânia de S. Julião, Vila Verde, Cadernos de Arqueologia (Monografia)

Local

Braga

Data

1988

Autor(es)

-

Título

Duas Datas de C14 para a ocupação do Bronze Final da Citânia de São Julião em Vila Verde, Arqueologia

Local

Porto

Data

1986

Autor(es)

-

Título

A Ocupação do Bronze Final da Citânia de S. Julião, em Vila Verde. Caracterização e Cronologia, Trabalhos de Antropologia e Etnologia

Local

Porto

Data

1985

Autor(es)

-

Título

A Citânia de S. Julião, Vila Verde. Primeiras Sondagens, Cadernos de Arqueologia

Local

-

Data

-

Autor(es)

-

Título

As Terras de Vila Verde do Minho no Dicionário Geográfico do Reino de Portugal até 1758

Local

Vila Verde

Data

1985

Autor(es)

SILVA, Domingos M. da

Título

A estátua de guerreiro galaico de S. Julião (Vila Verde), Cadernos de Arqueologia

Local

-

Data

1984

Autor(es)

MARTINS, Maria Manuela dos Reis, SILVA, A. C. F. da

Título

Citânia de S. Julião de Caldelas, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1971

Autor(es)

FREITAS, João de

Título

História, Arte e Paisagens do Distrito de Braga - I - Concelho de Vila Verde

Local

Braga

Data

1963

Autor(es)

-