Saltar para o conteúdo principal da página

Forte do Cavalo - detalhe

Designação

Designação

Forte do Cavalo

Outras Designações / Pesquisas

Forte de São Teodósio / Forte do Cavalo / Forte de São Teodósio / Farol do Forte do Cavalo(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Militar / Forte

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Setúbal / Sesimbra / Sesimbra (Castelo)

Endereço / Local

-- no extremo oeste da baía de Sesimbra
Sesimbra

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 95/78, DR, I Série, n.º 210, de 12-09-1978 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Durante o período das Guerras de Restauração, a Coroa Portuguesa empreendeu um projecto de modernização da defesa costeira, que compreendia a remodelação de fortalezas já existentes, reforçando o seu poder de fogo, e a construção de novas e mais modernas fortalezas, situadas em postos estratégicos.
O Forte de São Teodósio, situado no estremo oeste da baía de Sesimbra, foi edificado entre 1648 e 1652, com vista à defesa da orla marítima da vila. A fortaleza, cujo projecto foi executado pelo engenheiro Sebastião Pereira de Frias, possui planta poligonal irregular, com dois baluartes quadrangulares, tendo ao centro da praça de armas uma torre de secção circular e um edifício de planimetria rectangular.
A torre possui uma lápide com inscrição referente à fundação do forte: "Reinando D. João IV em Portugal e mandando as armas o Príncipe D. Theodósio, e as de Setúbal e seu partido João Nunes da Cunha, se destinou esta fortaleza de S. Theodósio, sendo capitão-mor Francisco de Matos Machado, Vedores o Juiz de fora Francisco Salgado de Moraes, Manoel Carvalho de Vargas, Manoel Farto do Olival e António Martins da Silva, engenheiro Sebastião Pereira de Frias. Ano de 1652".
A fortificação foi muito danificada pelo terramoto de 1755, mas nunca perdeu a sua importância estratégica, tendo sido utilizada durante a primeira invasão das tropas francesas e também durante o período das Lutas Liberais. Em 1895 foi instalado no interior da fortaleza um farol. Já no século XX a planimetria original do Forte do Cavalo foi alterada, uma vez que este foi parcialmente destruído para a construção do porto de abrigo e da estrada que a ele dá acesso.
Catarina Oliveira
IPPAR/2004

Imagens

Bibliografia

Título

Sesimbra monumental e artística

Local

Sesimbra

Data

1986

Autor(es)

SERRÃO, Eduardo da Cunha, SERRÃO, Vítor