Saltar para o conteúdo principal da página

Prédio com os n.os 9, 11 e 13 da Rua de D. Sancho, da cidade da Guarda, no qual se diz que nasceu o primeiro duque de Bragança - detalhe

Designação

Designação

Prédio com os n.os 9, 11 e 13 da Rua de D. Sancho, da cidade da Guarda, no qual se diz que nasceu o primeiro duque de Bragança

Outras Designações / Pesquisas

Edifício na Rua de D. Sancho, 9 a 13 / Edifício na Rua de D. Sancho I, n.º 9 a 13(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Edifício

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Guarda / Guarda / Guarda

Endereço / Local

Rua de D. Sancho
Guarda

Número de Polícia: 9-13

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 42 007, DG, I Série, n.º 265, de 6-12-1958 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Segundo a tradição local, terá sido neste edifício que nasceu D. Afonso, 1º duque de Bragança, filho de D. João I e Inês Peres.
O prédio possui planta irregular, e a fachada principal, de pano único, está dividida em três registos. No primeiro registo foi aberta porta de arco quebrado, sem moldura, e duas portas rectangulares. O segundo registo possui duas janelas de peito sem moldura, e um friso que o separa do registo superior. O terceiro registo tem ao centro janela de sacada com varandim de pedra e guardas de ferro forjado, ladeada por duas janelas de peito rectangulares com lintel e peitoril moldurado.
O interior da casa obedece à estrutura dos modelos de arquitectura civil beirã construídos entre os séculos XV e XVII. Dividido em três pisos, o primeiro servia essencialmente para armazenamento de produtos agrícolas e gado. Umas escadas de madeira permitem o acesso ao piso superior. O segundo piso, com quatro compartimentos, servia para habitação. O último piso, que tinha as mesmas funções que o anterior, possui cinco compartimentos e tectos com forro de madeira.
O edifício da rua D. Sancho I deverá ser um dos mais antigos do conjunto de habitações do núcleo histórico da cidade da Guarda, apresentando, à semelhança dos que foram edificados mais tarde, já no século XVI, uma estrutura em que se acentuam a horizontalidade do edifício, a robustez das linhas e a sobriedade da fachada.
Catarina Oliveira
GIF/ IPPAR/ 2004

Imagens

Bibliografia

Título

Guarda

Local

Lisboa

Data

1995

Autor(es)

PEREIRA, José Fernandes