Saltar para o conteúdo principal da página

Pelourinho de Raiva - detalhe

Designação

Designação

Pelourinho de Raiva

Outras Designações / Pesquisas

Pelourinho de Raiva (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Pelourinho

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Aveiro / Castelo de Paiva / Raiva, Pedorido e Paraíso

Endereço / Local

Rua da Igreja
Raiva

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 23 122, DG, I Série, n.º 231, de 11-10-1933 (ver Decreto) Ver inventário elaborado pela ANBA

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A antiga honra de Raiva foi concelho, pelo menos a partir de 1527, embora não tenha chegado a receber carta de foral. Curiosamente, este existe como minuta, ordenada por D. Manuel, mas não chegou nunca a ser formalizado, visto que a Coroa não podia outorgar foral a uma honra. Raiva foi integrada na comarca da Feira em 1839, e na de Arouca em 1852, sendo actualmente freguesia de Castelo de Paiva. Conserva ainda um antigo pelourinho, muito rústico, e de datação imprecisa, talvez quinhntista.
O pelourinho ergue-se sobre um murete, junto da igreja paroquial, e é constituído por uma base quadrada muito tosca, na qual assenta directamente um coluna lisa, de secção octogonal e desbaste muito irregular, encimada por corpo piramidal saliente, desgastado, e de topo truncado. SML

Imagens