Saltar para o conteúdo principal da página

Pelourinho de Nozelos - detalhe

Designação

Designação

Pelourinho de Nozelos

Outras Designações / Pesquisas

Pelourinho de Nozelos (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Pelourinho

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Bragança / Macedo de Cavaleiros / Arcas

Endereço / Local

Estrada Municipal 206-1 (Torre de D. Chama-Mirandela), cruzamento para Nozelos, km 2 (localização original; os fragmentos foram recolhidos pela Junta de Freguesia de Arcas)
Nozelos

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 23 122, DG, I Série, n.º 231, de 11-10-1933 (ver Decreto) Ver inventário elaborado pela ANBA

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Nozelos, actual povoação da freguesia de Arcas, no Concelho de Macedo de Cavaleiros, chegou a ser, durante a Idade Média, vila e sede de concelho, com importância muito superior à da própria localidade de Macedo. Recebeu carta de foral no reinado de D. Dinis, em 1284, e pertenceu à Casa de Bragança. O seu pelourinho é medieval, datando provavelmente dos séculos XIII-XIV. Esteve até há poucos anos deitado por terra e partido em três fragmentos, no cruzamento da EM 206-1 (Torre de D. Chama - Mirandela) com a estrada para Nozelos (ao km 2), tendo sido recolhido pela Junta de Freguesia de Arcas em 2001, com vista ao seu restauro.
Os fragmentos permitem reconstituir um fuste oitavado, resultante da chanframento das arestas de um pilar de secção quadrada, com capitel composto por espessamento do fuste, e pequeno remate tronco-cónico truncado, talhado no mesmo bloco. O fuste tem uma inscrição a meia altura, ainda não decifrada. Ao contrário das vizinhas localidades de Chacim e Vale de Prados, que tiveram forais novos dados por D. Manuel no início do século XVI, e que ergueram pelourinhos na sequência da recepção destes documentos, Nozelos terá conservado o pelourinho antigo, talvez o primeiro que se levantou no então concelho. SML

Imagens

Bibliografia

Título

Pelourinhos Portugueses, Tentâmen de Inventário Geral

Local

Lisboa

Data

1997

Autor(es)

MALAFAIA, E. B. de Ataíde