Saltar para o conteúdo principal da página

Pedra de audiência e carvalho junto - detalhe

Designação

Designação

Pedra de audiência e carvalho junto

Outras Designações / Pesquisas

Pedra de audiência e carvalho junto (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Mista / Monumento

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Porto / Vila Nova de Gaia / Avintes

Endereço / Local

Largo 5 de Outubro, junto ao Quartel dos Bombeiros Voluntários.
Avintes

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 35 817, DG, I Série, n.º 187, de 20-8-1946 (ver Decreto)

ZEP

Portaria de 27-05-1947, publicada no DG, II Série, n.º 206, de 4-09-1947 (com ZNA)

Zona "non aedificandi"

Portaria de 27-05-1947, publicada no DG, II Série, n.º 206, de 4-09-1947

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Com o objectivo de administrar a justiça esta "Pedra da Audiência" foi colocada, em 1742, no lugar onde ainda hoje se encontra, continuando a sua função até 1832, ano em que terminaram os julgamentos neste local.
Às quartas feiras ao meio dia, semanalmente, faziam julgamentos - as audiências. No banco alto sentava-se o juiz do Couto, empunhando o símbolo da autoridade, a vara vermelha. O juiz era eleito - a votos - pelos moradores, entre os "homens bons" da localidade e confirmado pelo senhor donatário, o Conde de Avintes. O tribunal funcionava com "dois oficiais" também eleitos: um escrivão e um meirinho, que, tal como o juiz também dispunham de varas.
Implantada numa placa ajardinada ao centro de um pequeno largo, trata-se de uma mesa constituída por um tampo de formato rectangular e com espessura de vinte e cinco centímetros apoiado em duas bases. É ladeada por três bancos, também de pedra, dispostos, um em cada face. Os bancos, de estrutura muito simples, são constituídos por assentos feitos de blocos de granito com espessura de vinte e cinco centímetros apoiados em dois pés rudimentares, também em granito.
A "Pedra da Audiência" tinha junto um sobreiro, ou carvalho, de grande porte cuja ramagem abrigava do sol, os presentes nos julgamentos. Este foi, primeiro, destruído por um vizinho e, mais tarde por uma rajada ciclónica.
AAM

Bibliografia

Título

Novos Guias de Portugal. O Grande Porto

Local

Lisboa

Data

1986

Autor(es)

PACHECO, Helder