Saltar para o conteúdo principal da página

Ponte de Mizarela - detalhe

Designação

Designação

Ponte de Mizarela

Outras Designações / Pesquisas

Ponte dos Frades / Ponte de Mizarela / Ponte dos Frades (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Ponte

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Braga\ Vila Real / Vieira do Minho; Montalegre / Ruivães e Campos; Ferral

Endereço / Local

- -
Frades / Sidrós

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 45/93, DR, I Série-B, n.º 280, de 30-11-1993 (alterou a localização para Frades, freguesia de Ruivães, município de Vieira do Minho, distrito de Braga, e Sidrós, freguesia de Ferrel, município de Montalegre, distrito de Vila Real) (ver Decreto)
Decreto n.º 42 007, DG, I Série, n.º 265, de 6-12-1958 (localizou a ponte no concelho de Vieira do Minho, distrito de Braga) (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Edificada na Idade Média sobre o rio Rabagão, a Ponte de Mizarela apresenta uma curiosa implantação, por ter sido construída ao fundo de um desfiladeiro escarpado, assente sobre os penedos e com alguma altitude em relação ao leito do rio, sendo sustentada por um arco com cerca de 13 metros de vão.
A estrutura foi reconstruída no início do século XIX, e a obra estava já executada em 1809, uma vez que nesta data as tropas francesas comandadas por Soult passaram pela ponte, fugindo à perseguição dos soldados de Wellesley.
A Ponte de Mizarela está ligada a diversas crenças e lendas populares minhotas, que perduram até hoje nos roteiros locais.
Catarina Oliveira
IPPAR/2006

Bibliografia

Título

Património Arquitectónico e Arqueológico Classificado, IPPAR, vol. II

Local

Lisboa

Data

1993

Autor(es)

LOPES, Flávio