Saltar para o conteúdo principal da página

Capela de Nossa Senhora da Lapa, incluindo a Lapa que lhe fica fronteira - detalhe

Designação

Designação

Capela de Nossa Senhora da Lapa, incluindo a Lapa que lhe fica fronteira

Outras Designações / Pesquisas

Capela de Nossa Senhora da Lapa (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Capela

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Santarém / Sardoal / Sardoal

Endereço / Local

Quinta de Aracez
Cabeça das Mós

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 2/96, DR, I Série-B, n.º 56, de 6-03-1996 (ver Decreto)
Edital N.º 20/93 de 19-05-1993 da CM de Sardoal
Despacho de concordância de 20-02-1983 do Secretário de Estado da Cultura
Parecer de 11-02-1983 da Assessoria Técnica do IPPC a propor a classificação como IIP da capela e da lapa que lhe fica fronteira, indissolúvelmente ligadas pela tradição
Proposta de 27-07-1982 do IJF para a classificação da capela, com o acordo do proprietário

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Esta pequena capela rural, situada dentro da cerca da Quinta de Arecez, junto à ribeira com o mesmo nome, foi edificada na década de 50 do século XVII por ordem do abade João Cansado, fronteira à lapa onde na época era venerada uma imagem de Nossa Senhora. Alguns anos após a construção, em 1659, o papa Alexandre VII concedeu alguns privilégios aos clérigos responsáveis pelas celebrações litúrgicas na capela.
De planta rectangular, o templo apresenta uma fachada simples, antecedida por uma escadaria, com portal de moldura rectangular rematado por arquitrave e encimado por volutas. Uma sineira foi colocada à esquerda, sobre o telhado da capela.
No conjunto da capela destaca-se a riqueza do programa decorativo interior, contrastando com a simplicidade do exterior. Organizado como um espaço único, o interior do templo é coberto por abóbada de berço e apresenta na parede testeira uma estrutura retabular assente sobre colunas compósitas, que enquadra um nicho, onde estava inserida a imagem de Nossa Senhora da Lapa, actualmente guardada na casa da quinta. Este conjunto retabular, bem como a imagem da padroeira, foram mandados executar cerca de 1721 por Duarte de Sousa França, sobrinho do fundador e detentor do padroado da capela na época.
As paredes laterais são revestidas com painéis de azulejos de padrão polícromos, e a abóbada foi decorada com um conjunto de pintura de brutesco de grande qualidade, representando cartelas, albarradas, folhagens, anjos músicos e putti , que enquadram figurações da Adoração dos Reis Magos , Adoração dos Pastores , Anunciação , Assunção .
Catarina Oliveira
GIF/IPPAR/ 11 de Julho de 2005

Bibliografia

Título

Sardoal, do passado ao presente

Local

Sardoal

Data

1992

Autor(es)

GONÇALVES, Luís Manuel