Saltar para o conteúdo principal da página

Edifício na Calçada das Necessidades - detalhe

Designação

Designação

Edifício na Calçada das Necessidades

Outras Designações / Pesquisas

Edifício na Calçada das Necessidades, 6 a 6-A / Casa na Calçada das Necessidades, n. 6 - 6-A(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Edifício

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Lisboa / Lisboa / Estrela

Endereço / Local

Calçada das Necessidades
Lisboa

Número de Polícia: 6-6 A

Proteção

Situação Actual

Desclassificado - sem protecção legal

Categoria de Protecção

Não aplicável

Cronologia

Portaria n.º 403/2010, DR, 2.ª série, n.º 114, de 15-06-2010 (desclassificação) (ver Portaria)
Em 9-06-2009 a CM de Lisboa informou não existir interesse em classificar o imóvel como de IM
Em 7-04-2004 foi dado conhecimento do despacho à proprietária e à CM de Lisboa, enviando a esta última cópia do processo para a ponderação da classificação como de IM
Despacho de homologação de 3-03-2004 do Ministro da Cultura
Despacho de concordância de 12-02-2004 do presidente do IPPAR
Parecer favorável de 5-02-2004 do Conselho Consultivo do IPPAR
Proposta de desclassificação de 15-10-2003 da DR de Lisboa
Pedido de desclassificação de 8-04-2003 dos proprietários
Decreto n.º 2/96, DR, I Série-B, n.º 56, de 6-03-1996 (ver Decreto)
Edital N.º 141/94 de 6-12-1994 da CM de Lisboa
Despacho de homologação de 4-01-1979 do Secretário de Estado da Cultura
Parecer de 4-01-1979 da COISPCN a propor a classificação como IIP
Processo iniciado em 1977, a propósito da intenção de doação do imóvel ao Estado

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Típica casa pombalina de habitação, apenas de piso térreo. Apesar de ter sofrido várias remodelações, a parte voltada para a Calçada das Necessidades é ainda consideravelmente fiel ao original, com porta e janelas rectangulares e verga de cantaria simples. No entanto, o pano de parede levantado ao nível do beiral, onde se exibem as armas da família proprietária é moderno, e desvirtua consideravelmente a pureza das linhas primitivas. A porta dá entrada para um pátio, e a casa abre para este através de alpendre corrido ao longo das três fachadas; no interior mantém-se a traça oitocentista, com tectos de caixotão pintados e lambris azulejares, estes já reprodução da época. O recheio, em mobiliário, pratas, loiças e obras de arte, é muito rico. SML

Imagens