Saltar para o conteúdo principal da página

Edifício do antigo Hotel Vitória - detalhe

Designação

Designação

Edifício do antigo Hotel Vitória

Outras Designações / Pesquisas

Edifício do Hotel Vitória / Sede do Partido Comunista Português (PCP)(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Hotel

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Lisboa / Lisboa / Santo António

Endereço / Local

Avenida da Liberdade
Lisboa

Número de Polícia: 168-170

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 29/84, DR, I Série, n.º 145, de 25-06-1984 (ver Decreto)
Edital N.º 67/83 de 19-05-1983 da CM de Lisboa
Despacho de concordância de 12-12-1982 do Secretário de Estado da Cultura
Despacho de concordância de 9-12-1982 da presidente do IPPC
Parecer de 30-11-1982 da Assessoria Técnica do IPPC a propor a classificação como IIP
Em 22-10-1982 a AAP enviou a documentação solicitada
Em 8-04-1982 foi solicitado à AAP o envio de documentação complementar para a instrução do processo de classificação
Proposta de classificação de 17-03-1982 da AAP

ZEP

Portaria n.º 529/96, DR, I Série-B, n.º 228, de 1-10-1996 (sem restrições) (ZEP dos edifícios classificados da Avenida da Liberdade e área envolvente) (ver Portaria)
Edital N.º 43/96 de 24-03-1996 da CM de Lisboa
Despacho de homologação de 8-09-1995 do Secretário de Estado da Cultura
Despacho de aprovação de 5-04-1995 do presidente do IPPAR
Parecer de 21-02-1995 do Conselho Consultivo do IPPAR a propor a alteração da delimitação
Proposta de 24-01-1995 da DR de Lisboa

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Inaugurada em 1936, esta obra de Cassiano Branco utiliza, de forma notável, os valores volumétricos do código modernista, em cuja fachada solucionou originalmente a conjugação de um sistema volumétrico paralelepipédico, cilíndrico, assim como de bandas horizontais, referências fundamentais de todo um período da Arte Moderna da década de trinta.
Juntamente com o Teatro Éden, esta obra poderá ser considerada uma das mais emblemáticas e originais da arquitectura portuguesa da época. De planta rectangular, este edifício de seis pisos, cave e composto por dois corpos totalmente revestidos a mármore, destaca-se pelos alçados rasgados por cinco janelas de vão rectangular em cada um dos pisos, com mainel em forma cilíndrica, cujas varandas possuem frisos metálicos. Para além deste aspecto, a cobertura é constituída por um terraço, onde um pilar central é encimado por uma consola, que vê a sua continuação ao longo do alçado lateral através de uma pala suportada por pilares.
[AMartins]

Imagens

Bibliografia

Título

Arquirtectura do século XX

Local

-

Data

-

Autor(es)

-

Título

Cassiano Branco, Uma Obra para o Futuro

Local

-

Data

1991

Autor(es)

AA. VV.

Título

Os Verdes Anos na Arquitectura Portuguesa dos Anos 50

Local

-

Data

-

Autor(es)

-

Título

Arquitectura Moderna Portuguesa 1920-1970. Um Património a Conhecer e Salvaguardar

Local

-

Data

-

Autor(es)

-

Título

Cassiano Branco: a obra. Tese de mestrado

Local

Lisboa

Data

1998

Autor(es)

CARVALHO, Maria de Jesus Mendes

Título

Cassiano Branco

Local

Vila do Conde

Data

2011

Autor(es)

BÁRTOLO, José