Saltar para o conteúdo principal da página

Castelo de Torre de Coelheiros - detalhe

Designação

Designação

Castelo de Torre de Coelheiros

Outras Designações / Pesquisas

Torre de Coelheiros / Paço dos Cogominhos(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Militar / Castelo

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Évora / Évora / Torre de Coelheiros

Endereço / Local

Outeiro de Torre de Coelheiros
Torre de Coelheiros

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 41 191, DG, I Série, n.º 162, de 18-07-1957 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Segundo Túlio Espanca, o Castelo de Torre de Coelheiros terá sido erigido em meados do século XIV, de acordo com a tipologia ainda medieval que caracteriza a maior parte da construção. Dois corpos rectangulares, compostos por piso térreo e sobrado, ladeiam a torre de grandes dimensões, que atinge cerca de 15 metros de altura. O corpo lateral situado a Norte, em melhor estado de conservação que o do lado Oeste, é coroado por uma larga chaminé com remate cupular, e conserva ainda, nas janelas em granito, alguma da tipologia solarenga tardo-medieval. O corpo Oeste, apesar de aparentar ser já de construção setecentista, encontra-se muito degradado, tendo ruído parte da caixa murária. O torreão é coroado por merlões mouriscos, e posui cunhais e seteiras aparelhados em cantaria, e sólidos mata-cães em granito. SML

Imagens

Bibliografia

Título

Palácios e solares portuguezes (Col. Encyclopedia pela imagem)

Local

Porto

Data

1900

Autor(es)

SEQUEIRA, Gustavo de Matos