Saltar para o conteúdo principal da página

Pelourinho do Ladário - detalhe

Designação

Designação

Pelourinho do Ladário

Outras Designações / Pesquisas

Pelourinho do Ladário(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Pelourinho

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Viseu / Sátão / São Miguel de Vila Boa

Endereço / Local

-- nas traseiras da Igreja Paroquial
Ladário

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 23 122, DG, I Série, n.º 231, de 11-10-1933 (ver Decreto) Ver inventário elaborado pela ANBA

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

O antigo couto de Ladário foi concedido por D. Teresa e D. Afonso Henriques ao Convento de Águas Santas, da Ordem do Santo sepulcro, em 1125. Aqui estaria a origem do futuro concelho, constituído aquando da outorga de foral novo manuelino, em 1514. Foi extinto no século XIX, passano o Ladário a simples localidade da freguesia de São Miguel de Vila Boa, integrada no concelho de Sátão. Conserva ainda o antigo pelourinho, testemunho da sua perdida autonomia, e erguido na sequência do foral de D. Manuel, embora aparentemente em data muito mais tardia.
O pelourinho levanta-se sobre uma singela plataforma de três degraus quadrangulares, de pedra toscamente aparelhada, bastante desgastados e desconjuntados. A coluna assenta directamente sobre o degrau superior, constituída por um fuste de arranque e topo quadrangular, e corpo oitavado através da chanfradura dos ângulos. Não existe capitel, mas apenas a curta secção quadrada do topo, onde morrem os chanfros, encimada por um ábaco quadrado e ligeiramente saliente, parcialmente mutilado. Aí pousa o remate, em pirâmide quadrada de faces lisas, com o vértice interceptado por uma esfera bem dimensionada. Tudo indica tratar-se de um monumento seiscentista, com singelo jogo volumétrico conseguido com a alternância de formas e sólidos muito simples, semelhante a tantos outros na região. SML

Imagens

Bibliografia

Título

Pelourinhos Portugueses, Tentâmen de Inventário Geral

Local

Lisboa

Data

1997

Autor(es)

MALAFAIA, E. B. de Ataíde