Saltar para o conteúdo principal da página

Igreja de Gondar (Igreja Velha) - detalhe

Designação

Designação

Igreja de Gondar (Igreja Velha)

Outras Designações / Pesquisas

Igreja Velha de Gondar / Mosteiro de Gondar / Igreja de Santa Maria / Igreja Velha(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Igreja

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Porto / Amarante / Gondar

Endereço / Local

- -
Lugar do Mosteiro ou Gondar Velho

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 95/78, DR, I Série, n.º 210, de 12-09-1978 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Edificada como um pequeno templo monástico de implantação rural, a Igreja Velha de Gondar "(...) é um produto de variantes e repetições que fogem dum estilo propriamente homogénico (...)", congregando elementos arquitectónicos de transição entre o Românico e o Gótico (GARCÍA, 1997, p. 91).
A data da sua fundação permanece incerta, embora alguns autores situem a sua edificação na segunda metade do século XV (Idem, ibidem, p. 93; CARDOSO, 1979). Esta data é apontada com base na datação da Virgem da Cadeira , a imagem da padroeira do templo esculpida cerca de 1460 (CARDOSO, 1979) que actualmente se encontra depositada na Igreja Matriz de Gondar.
O templo é composto pelos volumes da nave e da cabeceira, ambos de planimetria rectangular, cujo frontispício possui portal principal de três arquivoltas com friso exterior enxaquetado, num modelo considerado "artístico rural e autóctone" (GARCÍA, 1997, p. 91). Sobre este conjunto foi aberto um óculo.
Ambas as fachadas laterais foram rasgadas por portais de arco quebrado de duas arquivoltas. Do lado direito foi edificado um campanário "(...) único exemplar no concelho de Amarante, de formato muito comum no românico galego." (Idem, ibidem).
O interior do templo está totalmente despojado do seu programa decorativo, sendo coberto por tecto de madeira. Na estrutura denotam-se elementos de épocas posteriores à edificação, como é o caso de um arco setecentista.
Catarina Oliveira
IPPAR/2006

Bibliografia

Título

Simbologia do Românico de Amarante, 2ªed.

Local

Amarante

Data

1997

Autor(es)

GARCÍA, Xosé Lois

Título

A igreja românica de Gondar, Amarante

Local

Amarante

Data

1979

Autor(es)

CARDOSO, António