Saltar para o conteúdo principal da página

Igreja do antigo Convento da Madre de Deus - detalhe

Designação

Designação

Igreja do antigo Convento da Madre de Deus

Outras Designações / Pesquisas

Igreja Matriz de Vinhó / Mosteiro da Madre de Deus de Vinhó / Igreja Paroquial de Vinhó(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Igreja

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Guarda / Gouveia / Moimenta da Serra e Vinhó

Endereço / Local

-- -
Vinhó

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 44 675, DG, I Série, n.º 258, de 9-11-1962 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

O Convento da Madre de Deus de Vinhó foi fundado em 1567 por Francisco de Sousa e sua mulher, D. Antónia de Teive, no espaço da quinta que o fidalgo possuía naquela localidade. O cenóbio foi entregue a uma comunidade de freiras clarissas, e as obras de edificação seriam concluídas em 1573.
Do conjunto conventual subsiste a igreja, actualmente sede da paróquia de Vinhó. O templo, disposto longitudinalmente, é composto pelos volumes da nave e da capela-mor, aos quais se adossam a torre sineira, do lado do Evangelho, junto à fachada principal, e uma capela lateral e a sacristia, do lado oposto.
Tal como acontecia em todos os templos conventuais femininos, a entrada principal da Igreja da Madre de Deus fazia-se lateralmente, podendo actualmente ver-se o portal maneirista inserido em alfiz, sobre o qual foi colocada a pedra de armas dos fundadores.
Depois da extinção das ordens religiosas, o templo conventual foi adaptado às funções de sede paroquial, pelo que a fachada principal foi edificada no pano murário oposto à cabeceira. Apresenta portal simples, rasgado em arco abatido, com friso decorado e encimado por janela. Do lado esquerdo foi edificada a torre sineira com escada posterior.
O interior, de nave única, é coberto por tecto de madeira dividido em caixotões, sendo parte deles pintados com figuras do hagiográfico. Esta cobertura foi executada no ano de 1698 a mando da abadessa Jerónima de São José. Com coro-alto em madeira, o templo possui cinco capelas laterais: do lado do Evangelho foram edificadas as capelas de Nossa Senhora de Lourdes e do Senhor dos Passos, ao lado da qual foi colocado o púlpito. Na parede oposta dispõem-se as capelas de Cristo Crucificado, com retábulo de talha dourada integrando uma Anunciação , a do Menino Jesus, fundada pela Tia Baptista, freira com fama de santidade que viveu no convento na segunda metade do século XVIII e que se encontra sepultada neste espaço, e ainda a de Santo António.
O arco triunfal, em talha dourada, possui o intradorso pintado com motivos de brutesco , tendo inscrita a data 1739. É ladeado por dois altares colaterais dispostos em ângulo, com retábulos de talha dourada, o da esquerda dedicado a Nossa Senhora do Rosário, o da direita a Nossa Senhora de Fátima.
A capela-mor é coberta com abóbada de berço de caixotões, também pintados com temas hagiográficos. Ao centro foi edificado sobre degraus de cantaria o retábulo-mor, de talha dourada e em forma de urna, de estilo nacional. Do lado do Evangelho foi colocado o túmulo dos fundadores, com a inscrição "ESTA SEPULTURA HE. DE. FRANCISCO DE SOUSA / HE DE. SUA MULHER. DONA ANTO / NIA. DE. TEIVE. FUNDADORES DE / STA SANTA CASA. ELE FALECEU. A. 7 DE / MAIO. DE 1578 HELA 17. DE ABRIL DE 1597".
Com a morte da última freira em 1869 e a extinção definitiva do cenóbio, o Convento da Madre de Deus foi destinado a diversos fins. O templo tornou-se, como foi acima referido, sede da paróquia de Vinhó, parte das dependências conventuais foram cedidas para a instalação de uma escola primária e o espaço da cerca do convento foi vendido a particulares.
Catarina Oliveira
GIF/IPPAR/2006

Bibliografia

Título

História da Diocese da Guarda

Local

Braga

Data

1981

Autor(es)

GOMES, José Pinharanda

Título

Portugal antigo e moderno: diccionario geographico, estatistico, chorographico, heraldico, archeologico, historico, biographico e etymologico de todas as cidades, villas e freguezias de Portugal e de grande numero de aldeias...

Local

Lisboa

Data

1990

Autor(es)

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, FERREIRA, Pedro Augusto

Título

Corografia setecentista do concelho de Gouveia

Local

Gouveia

Data

1992

Autor(es)

MOTA, Eduardo

Título

Diocese e Distrito da Guarda

Local

Porto

Data

1902

Autor(es)

CASTRO, José Osório da Gama e

Título

Antologia Conventual - subsídios para uma monografia do concelho de Gouveia

Local

Viseu

Data

1952

Autor(es)

FERREIRA, Tavares

Título

Vinhó. História local e institucional do convento

Local

Gouveia

Data

1963

Autor(es)

AMARAL, Abílio Mendes do