Saltar para o conteúdo principal da página

Dois nichos padrões da primeira passagem de Nuno Álvares, em São João de Abrançalha - detalhe

Designação

Designação

Dois nichos padrões da primeira passagem de Nuno Álvares, em São João de Abrançalha

Outras Designações / Pesquisas

Nichos Padrões / Nichos padrões em São Vicente(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Nicho

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Santarém / Abrantes / Abrantes (São Vicente e São João) e Alferrarede

Endereço / Local

- -
São João de Abrançalha

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 129/77, DR, I Série, n.º 226, de 29-09-1977 (ver Decreto)
Edital de 2-01-1976 da CM de Abrantes
Despacho de homologação de 18-03-1975 do Secretário de Estado da Cultura e Educação Permanente
Parecer favorável de 7-03-1975 da 4.ª Subsecção da 2.ª Secção da JNE
Proposta do delegado da JNE no concelho para a classificação como IIP

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Estes dois marcos comemorativos foram edificados junto a São João de Abrançalha com o objectivo de assinalar a passagem de Nuno Álvares Pereira por aquele local em Agosto de 1385, a caminho do confronto com as tropas de Castela.
O primeiro nicho data dos finais do século XIX, com espaldar quadrangular ladeado por pilares e rematado em empena contracurvada. O espaço do nicho é preenchido por painel de azulejos azuis, brancos e amarelos, com a figura de D. Nuno Álvares Pereira em oração, rodeado por cartela com a legenda "O Santo Condestável implorando a victoria para o Exército Português". Junto ao espaldar do nicho foi edificado um tanque rectangular e dois bancos.
O segundo nicho, construído possivelmente já no século XX, copia a estrutura do primeiro, com um painel de azulejos representando São João Baptista.
No nicho oitocentista foi afixada em 1961 pela Câmara Municipal de Abrantes uma lápide comemorativa onde foi gravado o seguinte texto: "6 de Agosto de 1385. Estes 2 nichos de S. João de Abrançalha assinalam a primeira passagem de D. Nuno Álvares Pereira, quando em 7 de Agosto de 1385 resolveu sair de Abrantes com a sua gente, ao encontro do rei de Castela. Aqui recebeu o primeiro emissário do rei D. João I a quem respondeu que não era homem de recuar e se resolvesse segui-lo o esperaria em Tomar. A Câmara Municipal de Abrantes em 17 de maio de 1961, dia em que saindo de Abrantes aqui pararam as relíquias de D. Nuno Álvares Pereira, mandou colocar esta lápide por lembrança".
Catarina Oliveira
IPPAR/2006

Bibliografia

Título

Abrantes cidade florida

Local

Abrantes

Data

1952

Autor(es)

OLEIRO, Diogo