Saltar para o conteúdo principal da página

Pelourinho de Lordelo - detalhe

Designação

Designação

Pelourinho de Lordelo

Outras Designações / Pesquisas

Pelourinho de Lordelo(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Pelourinho

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Vila Real / Vila Real / Lordelo

Endereço / Local

Largo de São Roque
Lordelo

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 23 122, DG, I Série, n.º 231, de 11-10-1933 (ver Decreto) Ver inventário elaborado pela ANBA

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Lordelo, nas cercanias de Vila Real, conheceu grande prestígio ao longo dos séculos; teve foral concedido por D. Manuel em 1519, partilhado com Alijó, e foram seus donatários os Távoras, à semelhança de tantas outras povoações das redondezas. Consta que Lordelo teve a categoria de vila, e chegou mesmo a ser concelho, sendo este extinto em 1836. O seu pelourinho ergue-se ainda em local central, símbolo da autonomia perdida, e dos privilégios em tempos concedidos a povoações e feudos importantes para a estabilidade económica e populacional de uma região. Trata-se de um monumento muito singelo em granito, constando de um fuste liso, monolítico, de secção octogonal, resultante dos chanfros impostos a um simples pilar de secção quadrada. O fuste é rematado por duas pirâmides sobrepostas, sem decoração.
Até aos anos 70 do século XX, o soco do pelourinho era constituído por uma rocha em bruto e algumas cantarias fracamente aparelhadas, formando toscos degraus circulares. Em 1974 e 1977, a Câmara Municipal de Vila Real procedeu a trabalhos de consolidação da base e à remontagem do pelourinho, derrubado por uma viatura. Data de então o soco actual, formado por quadro degraus circulares, o último dos quais serve de base ao fuste, por encaixe.SML

Imagens

Bibliografia

Título

Património Arquitectónico e Arqueológico Classificado, IPPAR, vol. III

Local

Lisboa

Data

1993

Autor(es)

LOPES, Flávio