Saltar para o conteúdo principal da página

Igreja e antigo Convento do Grilo - detalhe

Designação

Designação

Igreja e antigo Convento do Grilo

Outras Designações / Pesquisas

Igreja e Antigo Convento dos Grilos / Recolhimento de Nossa Senhora do Amparo / Recolhimento do Grilo / Convento de Nossa Senhora da Conceição do Monte Olivete / Convento dos Grilos / Igreja Paroquial do Beato / Igreja de São Bartolomeu (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Igreja

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Lisboa / Lisboa / Beato

Endereço / Local

Rua do Grilo
Lisboa

Número de Polícia: 116-A/E

Calçada do Grilo
Lisboa

Número de Polícia: 2

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Declaração de Rectificação n.º 15-I/2002, DR, I Série-B, n.º 75, de 30-03-2002 (retificou o texto) (ver Declaração)
Decreto n.º 5/2002, DR, I Série-B. n.º 42, de 19-02-2002 (ver Decreto)
Edital N.º 13/98 de 12-02-1998 da CM de Lisboa
Despacho de homologação e autorização de 15-12-1997 do Ministro da Cultura
Despacho de concordância de 2-12-1997 do vice-presidente do IPPAR
Proposta da 24-11-1997 da DR de Lisboa do IPPAR para a classificação como IIP
Despacho de concordância de 30-11-1994 do presidente do IPPAR, com a consequente abertura da instrução do processo de classificação
Parecer de 13-10-1994 da 1.ª Secção do Conselho Consultivo do IPPAR a propor a classificação como IIP
Proposta de classificação de 9-08-1994 da DGEMN
Processo iniciado em 1982 no IPPC

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A história do Convento dos Grilos ( ou dos Irmãos Descalços de Santo Agostinho) remonta a 1663, ano em que uma comunidade de frades desta ordem aqui se instalou. A primeira pedra da construção do cenóbio foi lançada pelo próprio D. Afonso VI em 1666, mas um violento incêndio em 1683 destruiu por completo a primitiva igreja. Da reconstrução que se seguiu data o essencial da igreja, que não sofreu grandes danos aquando do terramoto, com a sua capela-mor setecentista e azulejos da primeira metade do século XVIII na sacristia. Depois da extinção das Ordens religiosas instalou-se no antigo convento o Recolhimento de Nossa Senhora do Amparo ou do Grilo. SML

Imagens