Saltar para o conteúdo principal da página

Altar-mor da igreja da Póvoa da Atalaia - detalhe

Designação

Designação

Altar-mor da igreja da Póvoa da Atalaia

Outras Designações / Pesquisas

Altar-mor da igreja de Santo Estêvão / Igreja Paroquial da Póvoa de Atalaia / Igreja de Santo Estêvão (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Igreja

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Castelo Branco / Fundão / Póvoa de Atalaia e Atalaia do Campo

Endereço / Local

Largo da Igreja
Póvoa de Atalaia

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 42 692, DG, I Série, n.º 276, de 30-11-1959 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Dotado de inequívoca beleza natural e oferecendo múltiplos recursos fundamentais à sobrevivência e fixação de comunidades humanas, não surpreende que o território correspondente, na actualidade, ao concelho de Fundão contenha variados vestígios arqueológicos que atestam a passagem e a permanência humana no seu termo ao longo dos tempos, ainda que com maior incidência durante o período romano.
Uma realidade que não mais se dissipou dos seus horizontes.
Datada dos inícios de oitocentos, a "Igreja da Póvoa da Atalaia" ergue-se no largo principal da localidade que lhe deu nome.
De planta longitudinal, formada por dois rectângulos, sacristia e campanário adossados, o templo destaca-se sobretudo pelo altar-mor executado em período barroco.
Realizado em talha dourada policromada entre os séculos XVIII e XIX, o retábulo (de origem ainda desconhecida) distribui-se ao longo de três registos, o primeiro dos quais com base almofadada e mesa de altar decorada com motivos predominantemente vegetalistas. Quanto ao segundo registo, ele é composto de tribuna em arco pleno, sendo delimitada por quartelões, profusamente enobrecida com folhas de acanto e coberta por abóbada de concha. Tribuna esta que alberga trono piramidal escalonado em quatro andares, em cuja base frontal se apresenta o sacrário flanqueado pelas imagens de Sto. Estevão e de N.ª Sra. da Conceição colocadas sobre pedestais. Lateralmente, o altar é composto por duas colunas pesudo-salomónicas decoradas, a par de folhas de acanto, por folhas e cachos de uvas, anjos e pássaros, assim como as mísulas, nas quais assentam e onde surgem também atlantes.
[AMartins]

Imagens

Bibliografia

Título

Guia de Portugal, Beira II - Beira Baixa e Beira Alta

Local

Lisboa

Data

1984

Autor(es)

DIONÍSIO, Sant'Ana

Título

Apontamentos para a História do Concelho do Fundão

Local

Lisboa

Data

1892

Autor(es)

CUNHA, José Germano da

Título

Ao redor do Fundão

Local

Fundão

Data

1990

Autor(es)

MONTEIRO, José

Título

Ensaios de História, Arqueologia e Património

Local

Fundão

Data

2003

Autor(es)

ALMEIDA, Fernando de