Saltar para o conteúdo principal da página

Fonte de São Lourenço e terreiro anexo - detalhe

Designação

Designação

Fonte de São Lourenço e terreiro anexo

Outras Designações / Pesquisas

Fonte de São Lourenço(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Fonte

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Santarém / Tomar / Tomar (São João Baptista) e Santa Maria dos Olivais

Endereço / Local

EN 110
Tomar

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 42 692, DG, I Série, n.º 276, de 30-11-1959 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A fonte de São Lourenço encontra-se implantada junto à capela com a mesma invocação, erguida para assinalar a reunião e a partida para Aljubarrota, dos exércitos de D. João I e de D. Nuno Álvares Pereira, em 1385.
A fonte é bem mais tardia, remontando ao reinado de D. João V. É certo que o monarca visitou Tomar em 1714, referindo a tradição que teria então mandado construir a fonte. No entanto, e de acordo com a lápide presente no frontão, esta suposta directiva apenas se concretizou em 1746. Apesar da data da sua construção, situada em pleno barroco, a fonte revela, na generalidade, características maneiristas.
O tanque rectangular e a bica, que jorra a partir do espaldar liso sob um escudo português, são protegidos por um alpendre assente em pilares nas extremidades exteriores e colunas dóricas embebidas a delimitar o espaldar, prolongadas por pináculos, já sobre o entablamento. À frente, delimitado pelos pináculos, um frontão de volutas coroado por cruz exibe a inscrição alusiva à construção da fonte. O espaldar inscreve-se num muro que se prolonga lateralmente, e onde se apoiam os bancos corridos.
(Rosário Carvalho)

Imagens