Saltar para o conteúdo principal da página

Pelourinho de Canas de Sabugosa - detalhe

Designação

Designação

Pelourinho de Canas de Sabugosa

Outras Designações / Pesquisas

Pelourinho de Canas de Santa Maria / Pelourinho de Canas de Sabugosa(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Pelourinho

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Viseu / Tondela / Canas de Santa Maria

Endereço / Local

Largo do Pelourinho
Canas de Santa Maria

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 23 122, DG, I Série, n.º 231, de 11-10-1933 (ver Decreto) Ver inventário elaborado pela ANBA

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Canas de Sabugosa foi couto dos Bispos de Viseu, e assumiu a dada altura o estatuto de concelho, com justiças próprias, embora nunca recebesse carta de foral, quer dos seus donatários quer da Coroa. Foi extinto no século XIX, e integrado em Tondela. Possui um pelourinho, monumento aparentemente seiscentista, que se ergue no largo que dele tomou a designação.
Ergue-se sobre um soco de três degraus quadrados, de aresta, em granito toscamente aparelhado, sobre uma plataforma talhada na mesma pedra e quase inteiramente embebida no terreno. A coluna encaixa directamente no degrau superior, sendo constituída por fuste de secção quadrada na base e topo, transformando-se em oitavado no resto do tronco, através da aplicação de um chanfro estreito a toda a altura. É encimado por um pequeno ábaco quadrangular, que sustenta o remate, em curto tronco piramidal embolado. A bola não é perfeita, mas antes resulta do adoçamento dos contornos de um pequeno bloco quadrangular. O conjunto é muito singelo, aparentado a outros na região, embora mais atarracado e mal resolvido; vejam-se, por exemplo, os pelourinhos de São João do Monte ou do Ladário. SML