Saltar para o conteúdo principal da página

Antiga Igreja do Convento de Santa Marta - detalhe

Designação

Designação

Antiga Igreja do Convento de Santa Marta

Outras Designações / Pesquisas

Convento de Santa Marta / Hospital de Santa Marta(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Igreja

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Lisboa / Lisboa / Santo António

Endereço / Local

Rua de Santa Marta
Lisboa

Número de Polícia: 56 (junto ao)

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 35 532, DG, I Série, n.º 55, de 15-03-1946 (ver Decreto)

ZEP

Portaria n.º 529/96, DR, I Série-B, n.º 228, de 1-10-1996 (sem restrições) (ZEP dos edifícios classificados da Avenida da Liberdade e área envolvente) (ver Portaria)

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

De arquitectura predominantemente barroca e construída entre os sécs. XVII e XVIII, este templo sofreu de forma bastante significativa com o terramoto de 1755, tendo sido transformado em hospital após a sua desafectação na sequência da lei de desamortização de 1834, tendo sido alvo de obras de adaptação com vista à instalação do Ministério da Saúde e da sede da Ordem dos Médicos no seu interior .
Possuindo planta longitudinal rectangular e coberta por telhado a duas águas, a fachada principal destaca-se por ser precedida de dois lanços de escadas que conduzem ao patamar que antece o portal. Este, encontra-se rodeado por pilastras e coroado por frontão triangular interrompido pela presença de um plinto que suporta uma cruz. Quatro janelões bastante profundos rasgam toda a fachada principal, acima do mencionado portal, que se encontram apartados uns dos outros por intermédio de contrafortes.
De nave única, coberta por abóbada de berço, a capela-mor desta igreja conventual possui cobertura em abóboda de aresta. No referente aos elementos decorativos e ao património integrado, haverá que mencionar a existência de um primitivo revestimento de azulejos seiscentistas, executados em tons de azul, amarelo e castanho, e observáveis no muro do lado da Epístola. Os muros laterais da nave possuem, por sua vez, diversos arcos de volta inteira assentes sobre pilastras toscanas, que abrem para antigas capelas. De realçar, será, ainda, a existência, ao fundo do primitivo coro baixo, da actual capela do Hospital (de planta rectangular e coberta por abóboda abatida), que apresenta penetrações laterais triangulares com os vértices assentes em mísulas, além de encontrar-se completamente decorada com grutescos e motivos vegetalistas. Revestidos de painéis de azulejos seiscentistas do tipo tapete encontram-se também os seus muros.

Imagens