Saltar para o conteúdo principal da página

Pelourinho de Castro Vicente - detalhe

Designação

Designação

Pelourinho de Castro Vicente

Outras Designações / Pesquisas

Pelourinho de Castro Vicente (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Pelourinho

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Bragança / Mogadouro / Castro Vicente

Endereço / Local

-- -
Castro Vicente

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 23 122, DG, I Série, n.º 231, de 11-10-1933 (ver Decreto) Ver inventário elaborado pela ANBA

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

O pelourinho de Castro Vicente foi construído no século XVII, possivelmente em substituição de um anterior, edificado cerca de uma centúria antes. Implanta-se na principal praça da localidade, sobre plataforma de cinco degraus oitavados. A composição é muito simples, limitando-se a um fuste de tambores (apresentando já assinalável desgaste) e remate em capitel paralelipipédico, ornamentado numa das faces com o escudo do reino de Portugal. Finalmente, sobre o capitel exibe-se um pequeno pináculo cónico, que dá maior elegância ao conjunto e reforça a sua altura.
Castro Vicente teve relativa importância regional no final da Idade Média, em particular no reinado de D. Fernando, que doou a localidade a alguns dos seus partidários no complexo momento militar que então se vivia. O primeiro foral, todavia, foi doado por D. Dinis, em 1305, e com D. Manuel renovou-se o estatuto concelhio, que só terminou em 1836, na ampla reforma liberal que alterou radicalmente o mapa administrativo do país.
PAF

Imagens