Saltar para o conteúdo principal da página

Igreja da Misericórdia de Moncorvo, com todo o seu recheio, nomeadamente as talhas diversas, mobiliário e imaginária - detalhe

Designação

Designação

Igreja da Misericórdia de Moncorvo, com todo o seu recheio, nomeadamente as talhas diversas, mobiliário e imaginária

Outras Designações / Pesquisas

Edifício e Igreja da Santa Casa da Misericórdia de Moncorvo (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Igreja

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Bragança / Torre de Moncorvo / Torre de Moncorvo

Endereço / Local

Rua Dr. Campos Monteiro
Torre de Moncorvo

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 129/77, DR, I Série, n.º 226, de 29-09-1977 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A data de fundação da irmandade da Misericórdia de Torre de Moncorvo permanece desconhecida, sabendo-se no entanto que terá ocorrido na primeira metade do século XVI. O templo da confraria foi edificado na antiga Rua Direita da vila, junto ao local onde foi também, na época, edificada a cadeia feminina local.
Desconhece-se o autor da traça da igreja, no entanto o edifício destaca-se pela "graciosidade das formas e harmonia de proporções" (SOUSA; PEREIRA, 1988, p. 112). De planta longitudinal, composta pelos volumes da nave única e da capela-mor, a igreja apresenta uma fachada de gosto renascentista de linhas eruditas, onde ao centro foi rasgado um portal de volta perfeita inserido num alfiz alteado, com dois medalhões sobre o extradorso do arco. O conjunto é rematado por frontão triangular com friso, ladeado por pináculos e dois óculos.
Ao centro do remate foi rasgado, em época posterior, um nicho com imagem. O registo inferior da fachada é rematado com friso e duas gárgulas, e sobre este foi edificado um frontão, rasgado em 1864 para inserir a sineira. Do lado esquerdo da fachada foi construído o consistório da Misericórdia, com entrada lateral e uma janela de canto no registo superior.
O interior, um espaço unificado coberto por abóbada de berço com caixotões de madeira, possui um programa decorativo diversificado, fruto de diferentes campanhas de obras. O templo possui dois púlpitos, um deles colocado junto à tribuna dos mesários, no registo superior. O outro, edificado do lado da Epístola, é uma obra quinhentista, sendo considerado "um dos mais belos púlpitos da renascença portuguesa, talhado num só bloco de granito, em forma de cálice com a imagem de um santo da Igreja em baixo relevo em cada uma das faces" (idem, ibidem). Na capela-mor foi edificado um retábulo de talha dourada barroca, num modelo em estilo nacional.
Catarina Oliveira
IPPAR/2006

Imagens

Bibliografia

Título

Alto Douro

Local

Lisboa

Data

1988

Autor(es)

SOUSA, Fernando de, PEREIRA, Gaspar Martins

Título

Torre de Moncorvo - notas toponímicas

Local

Torre de Moncorvo

Data

1991

Autor(es)

ANDRADE, António Júlio

Título

Memórias arqueológico-históricas do distrito de Bragança: arqueologia, etnografia e arte

Local

Porto

Data

1934

Autor(es)

ALVES, Francisco Manuel