Saltar para o conteúdo principal da página

Fonte do Chão da Cruz - detalhe

Designação

Designação

Fonte do Chão da Cruz

Outras Designações / Pesquisas

Fonte do Chão da Cruz(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Fonte

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Guarda / Mêda / Coriscada

Endereço / Local

-- --
Coriscada

Proteção

Situação Actual

Em Vias de Classificação

Categoria de Protecção

Em Vias de Classificação (Homologado como IM -...

Cronologia

Enviada cópia do processo pelo Ministério da Cultura à CM de Meda em 9-06-2010 a fim de ponderar a conclusão do procedimento
Despacho de homologação de 21-12-1979 do Secretário de Estado da Cultura
Abertura do processo em 7-07-1978 pela DGPC
Proposta de 20-06-1978 da CM de Meda

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A fonte do Chão da Cruz, cujo adro é parcialmente definido por um muro, encontra-se junto a um caminho de terra batida, no extremo da povoação. A sua edificação deverá remontar ao século XVIII, época em que a questão do abastecimento de água às populações foi objecto de uma maior preocupação por parte do poder central e local.
Trata-se de uma fonte de mergulho, ou seja, sem bicas, mas com um lençol de água, no qual era necessário "mergulhar" os cântaros ou bilhas a encher. Com dois tanques, um dos quais num nível inferior em relação ao principal, apresenta alçado com pilastras laterais, aberto por um arco de volta perfeita, em cujo eixo se exibe um escudo nacional. Termina num frontão curvo, rematado por pináculos. O interior é coberto por abóbada de berço, e no pavimento encontra-se o lençol de água que se prolonga no tanque exterior. (Rosário Cavalho)

Imagens