Saltar para o conteúdo principal da página

Castelo de Ródão e Capela de Nossa Senhora do Castelo, também denominado «Castelo do Rei Vamba» - detalhe

Designação

Designação

Castelo de Ródão e Capela de Nossa Senhora do Castelo, também denominado «Castelo do Rei Vamba»

Outras Designações / Pesquisas

Capela de Nossa Senhora do Castelo (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt) / Castelo de Ródão / Castelo do Rei Vamba (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Militar / Castelo

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Castelo Branco / Vila Velha de Ródão / Vila Velha de Ródão

Endereço / Local

- a 2 km a sudoeste de Vila Velha de Ródão
-

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 45/93, DR, I Série-B, n.º 280, de 30-11-1993 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A tradição local perpetuou a relação do mítico rei Wamba com a edificação deste castelo, mas as sondagens arqueológicas aqui efectuadas e os vestígios materiais visíveis inviabilizam esta leitura.
A torre remanescente é uma modesta estrutura de tradição medieval, construída presumivelmente nos séculos XII-XIII, por iniciativa da Ordem do Templo, instituição que detinha esta parcela de território nas primeiras décadas da monarquia. A torre situa-se do lado Nordeste de um recinto oval irregular, cuja cerca se encontra muito destruída, mas da qual são ainda visíveis dois panos de aparelho de grandes dimensões. Possui dois andares e eventualmente um terceiro, fazendo-se o acesso ao interior por arco apontado ao nível do registo intermédio.
A relevância estratégica desta estrutura militar, nas proximidades das Portas de Ródão e, por isso, dominante sobre o curso do rio Tejo e a fronteira com Espanha, certamente não deixará de motivar um mais cuidado e coerente processo de investigação arqueológica, apenas superficialmente explorado. Sabe-se que o conjunto foi intervencionado nas épocas moderna e contemporânea, em particular no período das invasões francesas, mas toda a história da fortaleza e do seu sistema circundante permanece por desvendar.
PAF

Imagens