Saltar para o conteúdo principal da página

Pelourinho de Rossas - detalhe

Designação

Designação

Pelourinho de Rossas

Outras Designações / Pesquisas

Pelourinho de Celeiró / Pelourinho de Rossas (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Pelourinho

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Braga / Vieira do Minho / Rossas

Endereço / Local

- -
Celeiró

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 23 122, DG, I Série, n.º 231, de 11-10-1933 (ver Decreto) Ver inventário elaborado pela ANBA

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

O couto de Rossas foi elevado à categoria de vila e sede de concelho por foral de D. Manuel, emitido em 1510. Manteve a sua autonomia até 1836, quando foi extinto e integrado em Vieira do Minho. Conserva ainda um pelourinho, muito restaurado, levantado no Lugar de Celeiró, ou Celeirô, antiga sede de concelho. Situa-se nas imediações da antiga cadeia comarcã, onde hoje funciona a Junta de Freguesia local.
O pelourinho, em granito, esteve apeado durante anos. O actual monumento resulta do seu restauro, com recurso a elementos originais e outros de factura moderna. Assenta sobre uma plataforma elevada, encimada por dois degraus quadragulares, de aresta, fazendo o degrau superior as vezes de base da coluna. Possui fuste cilíndrico e liso, rematado por diminuto anelete circular e bocel, sobre o qual assenta um ábaco quadrangular. O remate é piramidal, decorado com as armas de Portugal, curiosamente invertidas, numa das faces. SML

Imagens