Saltar para o conteúdo principal da página

Castelo de Alva - detalhe

Designação

Designação

Castelo de Alva

Outras Designações / Pesquisas

Categoria / Tipologia

Arquitectura Militar / Castelo

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Bragança / Freixo de Espada à Cinta / Poiares

Endereço / Local

- -
Lugar de Alva

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 40 361, DG, I Série, n.º 228, de 20-10-1955 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Particularmente abundante em vestígios arqueológicos, o território correspondente, na actualidade, à freguesia de Poiares enquadra-se na paisagem duriense, entre as Serras do Marão e de Avões, em plena paisagem transmontana, situando-se no ponto mais elevado de uma meseta acidentada a cerca de 700 metros de altitude, sendo ladeado por vários montes sobranceiros aos Rios Couro e Douro, e de onde se desfruta de um impressionante domínio visual sobre os terrenos circundantes.
Particularidades topográficas estas que não terão sido de somenos importância no momento em que se decidiu erguer o "Castelo de Alva", localizado no Lugar que lhe deu nome, e do qual remanescem apenas alguns vestígios do muralhado primitivo, de planta ovalada, assim como de um dos torreões que o integravam. Ademais, as potencialidades defensivas e, quase por inerência, de controle visual sobre um vastíssimo horizonte já tinham sido anteriormente avaliadas, nomeadamente ao tempo da presença romana na zona, a julgar pelas ruínas do povoado fortificado conhecido por 'São Paulo', com níveis de ocupação que remontam à Idade do Ferro, numa confirmação da excelência da sua implantação geográfica.
Tal como sucedeu com este castro, o Lugar de Alva assistiu a uma forte ocupação medieval, especialmente no decorrer da invasão leonesa, na primeira metade do século XIII, até que D. Sancho II (1209-1248) doou Alva a Freixo-de-Espada-à-Cinta, expulsando os habitantes que nela residiam durante a conquista leonesa.
[AMartins]

Bibliografia

Título

Freixo de Espada à Cinta. Notas históricas. Sua evolução através do tempo, Brigantia, vol.1, nº1, pp.127-132

Local

Bragança

Data

1981

Autor(es)

TEIXEIRA, António José

Título

Freixo de Espada à Cinta e as suas Antiguidades, Amigos de Bragança, 3ª série, nº8, pp.49-73

Local

Bragança

Data

1967

Autor(es)

PAULO, Amílcar

Título

Inventário do Património artístico-religioso do concelho de Freixo de Espada à Cinta, in II Edição do programa Nacional de Bolsas de Investigação para Jovens Historiadores e Antropólogos

Local

Porto

Data

1996

Autor(es)

CARVALHO, Isabel Ruth de Paula, PEREIRA, Maria da Assunção Queirós

Título

Castelos em Portugal. Retrato do seu Perfil Arquitectónico

Local

Coimbra

Data

2010

Autor(es)

CORREIA, Luís Miguel Maldonado de Vasconcelos