Saltar para o conteúdo principal da página

Penedo chamado a Laje dos Sinais - detalhe

Designação

Designação

Penedo chamado a Laje dos Sinais

Outras Designações / Pesquisas

Gravuras rupestres da Laje dos Sinais / Penedo Laje dos Sinais (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt) / (Ver Ficha em www.arqueologia.patrimoniocultural.pt)

Categoria / Tipologia

Arqueologia / Arte Rupestre

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Braga / Barcelos / Carvalhos

Endereço / Local

Lugar das Lajes, Monte da Saia, junto do caminho que conduz à freguesia de Chavão
-

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 38 147, DG, I Série, n.º 4, de 5-01-1951 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Sítio
O Penedo chamado a Laje dos Sinais localiza-se no Lugar das Lajes, união das freguesias de Chorente, Góios, Courel, Pedra Furada e Gueral, concelho de Barcelos, na vertente noroeste do Monte da Saia. Implanta-se num afloramento granítico rasante, de face horizontal, com as dimensões de 6,50 por 5,70 metros.
O topo do Monte da Saia foi ocupado, na Idade do Ferro, por um povoado fortificado, cuja fundação poderá remontar à Idade do Bronze Final.
O conteúdo iconográfico da Laje dos Sinais, plasmado em quatro painéis, é constituído essencialmente por formas circulares, destacando-se os círculos concêntricos e simples, círculos concêntricos com covinha central, covinhas, uma suástica de braços curvos inscrita num círculo, pouco frequente no acervo da arte rupestre, uma gravura que agrupa três círculos concêntricos rodeados por quatro semicírculos, também concêntricos, dispostos em pétala, uma espiral e crescentes. Regista-se, em determinados casos, o aproveitamento da modelação natural da rocha para a colocação dos petróglifos. A gravação foi executada através da picotagem e o reportório enquadra-se na arte atlântica.
A maior parte dos pictogramas inscritos na Laje dos Sinais remonta à Idade do Bronze, não se podendo inferir, no entanto, que são todos coevos. Os mais antigos poderão recuar até ao 4º milénio a.n.e. e o mais recente, a suástica, encontra paralelos já na Idade do Ferro.
História
Em 1881, Martins Sarmento, identificou o arqueossítio que publicou em 1895 no artigo Materiaes para a archeologia da comarca de Barcelos. Volta a ser referenciado, em 1951, por Mário Cardozo. Em 2001 Fernando Augusto Coimbra retoma o estudo que resultou na descoberta de novas gravuras. O projecto Espaços Naturais, Arquitecturas, Arte Rupestre e Deposições na Pré-História Recente na Fachada Ocidental do Centro Norte Português - ENARDAS, permitu a criação do CVARN - corpus virtual de arte rupestre do noroeste português onde é possível aceder aos resultados das investigações realizadas, reunidas numa ficha individual.
Ana Vale
DGPC, 2020

Imagens

Bibliografia

Título

O Concelho de Barcelos Aquém e Além Cávado (1948), 2ªed. fasimiliada

Local

Barcelos

Data

1987

Autor(es)

FONSECA, Teotónio da

Título

Relações culturais pré-históricas entre Portugal e a África, Revista de Guimarães

Local

Guimarães

Data

1964

Autor(es)

SICART, Herald de

Título

Notícia duma jóia antiga adquirida pelo Museu de Martins Sarmento, Revista de Guimarães

Local

Guimarães

Data

1957

Autor(es)

CARDOZO, Mário

Título

Cartas de Martins Sarmento ao Abade de Tágilde, Revista de Guimarães

Local

Guimarães

Data

1944

Autor(es)

SARMENTO, Francisco Martins

Título

A ultima descoberta arqueologica na Citânia de Briteiros e a interpretação da Pedra Formosa, Revista de Guimarães

Local

-

Data

-

Autor(es)

-

Título

Monumentos Arqueológicos da Sociedade Martins Sarmento, Revista de Guimarães

Local

Guimarães

Data

1951

Autor(es)

CARDOZO, Mário

Título

Dispersos

Local

Coimbra

Data

1933

Autor(es)

SARMENTO, Francisco Martins

Título

As gravuras rupestres da Laje dos Sinais (Barcelos), Revista de Guimarães, n.º 111,

Local

Guimarães

Data

2001

Autor(es)

COIMBRA, Fernando Augusto

Título

Laje dos Sinais/Monte do Olheiro, CVARN - corpus virtual de arte rupestre do noroeste português, disponível em http://www.obiut.org/cvarn/catalogo.html

Local

-

Data

-

Autor(es)

SAMPAIO, Hugo Aluai, CARDOSO, Daniela