Saltar para o conteúdo principal da página

Casa de Ventura Terra, incluindo os elementos decorativos que a integram e o respectivo parque - detalhe

Designação

Designação

Casa de Ventura Terra, incluindo os elementos decorativos que a integram e o respectivo parque

Outras Designações / Pesquisas

Casa Ventura Terra / Palácio Mendonça / Palácio Mendonça / Casa Ventura Terra / Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Casa

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Lisboa / Lisboa / Avenidas Novas

Endereço / Local

Rua Marquês da Fronteira
Lisboa

Número de Polícia: 20

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 28/82, DR, I Série, n.º 47, de 26-02-1982 (ver Decreto)
Edital N.º 77/78 de 10-05-1978 da CM de Lisboa
Despacho de homologação de 27-03-1976
Parecer de 19-03-1976 da 4.ª Subsecção da 2.ª Secção da JNE a propor a classificação como IIP do conjunto Casa Ventura Terra e Parque onde está construída
Em 5-12-1975 foi enviado ofício ao proprietário a informar que se encontravam em vias de classificação
Proposta de 12-11-1975 da AICA para a classificação da Casa Ventura Terra e seu parque

ZEP

Devolvido à DRCLVT por despacho de 10-10-2011 para formalizar propostas de ZEP individuais
Paracer favorável de 10-10-2011 da SPAA do Conselho Nacional de Cultura, mas devendo ser estabelecidas ZEP individuais, mesmo que idênticas, no todo ou em parte
Proposta de 25-02-2011 da DRCLVT para fixação da ZEP conjunta da Cadeia Penitenciária de Lisboa e dos imóveis classificados na sua área envolvente (abrangendo a Capela do antigo Edifício do Colégio de Campolide da Companhia de Jesus, a Escadaria do antigo Colégio Jesuíta, a Casa Ventura Terra, parte do Bairro Azul e Aqueduto da Águas Livres (troço da Freguesia de São Sebastião da Pedreira)

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Edifico de planta rectangular, em que o corpo central da fachada, com três pisos, é avançado. Aos dois corpos laterais encontram-se adossados, ao nível térreo, duas estruturas, também de planta rectangular. Construção isolada por um muro de pedra (este ornado por um gradeamento com alguns apontamentos "Art Nouveau" em ferro forjado) é constituída por quatro pisos, onde Ventura Terra, que concebe este projecto entre 1900 e 1902 para Henrique José Monteiro de Mendonça, lhe imprime uma feição eclética.
O edificio encontrava-se terminado em 1909, data em que recebeu um Prémio Valmor. Para além da presença " Art Nouveau" já referida, encontramos impressa na estrutura central, ao nível do segundo piso, uma certa apetência neo-renascentista, patente na galeria, com arcos em volta-perfeita, formando uma loggia suportada por pés -direitos. Uma balaustrada em pedra percorre os dois últimos pisos deste corpo central avançado. Esta gramática eclética conhece uma continuidade no interior, onde toda uma feição decorativa neo-rócocó (da qual se destacam, nomeadamente os estuques) é impressa à Sala Luís XV. É de destacar ainda a procura de uma certa monumentalidade e efeito cenográfico, com a cúpula envidraçada que cobre o vestíbulo, a partir do qual se articula uma escadaria, que abre caminho para uma espacialidade interior, que prontamente se adivinha grandiosa.

Imagens