Saltar para o conteúdo principal da página

Capela de Nossa Senhora das Neves - detalhe

Designação

Designação

Capela de Nossa Senhora das Neves

Outras Designações / Pesquisas

Capela de Nossa Senhora das Neves e Fontanário / Capela de Nossa Senhora das Neves (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Conjunto

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Aveiro / Anadia / Avelãs de Cima

Endereço / Local

- Lugar do Pereiro
Avelãs de Cima

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 5/2002, DR, I Série-B. n.º 42, de 19-02-2002 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A Capela de Nossa Senhora das Neves é um pequeno templo rural edificado no século XVI, tendo sido sempre utilizada como local de romarias sazonais. Inicialmente foi construída como um tempietto circular coroado por cúpula, que corresponde à actual sacristia. Em meados do século XVII foi edificado o corpo rectangular da capela, de nave única, que segue os modelos das capelas rurais da região mondeguina.
A fachada principal apresenta um portal de moldura recta, ladeado por pilastras coríntias estriadas e por duas janelas com grade de ferro. O conjunto é rematado por frontão com aletas e por pináculos, semelhantes aos que coroam os panos murários.
O espaço interior apresenta uma decoração muito sóbria. Coberta por abóbada de berço, a nave possui nas paredes laterais dois arcos de volta perfeita rematados por escudetes. O arco cruzeiro, que une este espaço à capela-mor, é decorado no intradorso e nos pés direitos com motivos geométricos.
A capela-mor desenvolve-se num espaço circular, coberto por cúpula, e decorado por silhares de azulejos polícromos seiscentistas, oriundos de uma oficina lisboeta (GONÇALVES, A. Nogueira, 1959). Ao centro foi inserido o retábulo-mor de gosto neoclássico, executado em 1875, conforme atesta a inscrição.
Catarina Oliveira
GIF/IPPAR/ 5 de Julho de 2005

Imagens

Bibliografia

Título

Inventário Artístico de Portugal - Distrito de Aveiro

Local

Lisboa

Data

1959

Autor(es)

GONCALVES, António Nogueira