Saltar para o conteúdo principal da página

Biblioteca Municipal de Vouzela (antigo edifício dos Paços do Concelho de Vouzela) - detalhe

Designação

Designação

Biblioteca Municipal de Vouzela (antigo edifício dos Paços do Concelho de Vouzela)

Outras Designações / Pesquisas

Câmara Municipal de Vouzela / Biblioteca Municipal de Vouzela (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Edifício

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Viseu / Vouzela / Vouzela e Paços de Vilharigues

Endereço / Local

Rua de Morais de Carvalho
Vouzela

Número de Polícia: 6

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MIP - Monumento de Interesse Público

Cronologia

Portaria n.º 720/2012, DR, 2.ª série, n.º 237, de 7-12-2012 (ver Portaria)
Edital de 29-07-2011 da CM de Vouzela
Despacho de homologação de 3-09-2009 do Ministro da Cultura
Edital de 30-06-2008 da CM de Vouzela
Parecer favorável de 23-04-2008 do Conselho Consultivo do IGESPAR, I.P.
Nova proposta de 13-12-2007 da DRC do Centro
Proposta de 11-07-2005 da DR de Coimbra do IPPAR para a classificação como IIP
Adenda de 11-05-2005 ao edital anterior da CM de Vouzela (publicitou a planta com a delimitação do bem e a ZP)
Edital de 3-05-2004 da CM de Vouzela
Despacho de abertura de 28-05-1984
Proposta de abertura de 24-05-1983 do IPPC

ZEP

Portaria n.º 720/2012, DR, 2.ª série, n.º 237, de 7-12-2012 (sem restrições) (ver Portaria)
Edital de 29-07-2011 da CM de Vouzela
Despacho de homologação de 3-09-2009 do Ministro da Cultura
Edital de 30-06-2008 da CM de Vouzela
Parecer favorável de 23-04-2008 do Conselho Consultivo do IGESPAR, I.P.
Proposta de 13-12-2007 da DRC do Centro

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Até ao século XIX Vouzela fez parte do concelho de Terra de Lafões que, pelo menos desde o século XVI, surge na documentação com duas vilas como cabeça de concelho - Vouzela e São Pedro do Sul (as interpretações sobre a constituição destes concelhos é bastante diversificada podendo encontrar-se uma síntese das várias perspectivas em MOURO, 1996). Cada uma destas localidades tinha autoridades próprias, sendo comum apenas a Câmara sediada em Vouzela (IDEM, p. 57). A separação dos concelhos ocorreu a partir de 1833, no contexto da nova organização administrativa do pais, desaparecendo definitivamente, em 1836, a designação de Lafões e nascendo então três concelhos: os dois já referidos e o de Oliveira de Frades.
O presente edifício, de características maneiristas, foi edificado na primeira metade do século XVII para receber a sede do concelho, quando Vouzela pertenceu a Terra de Lafões.
De planta irregular, é unido apenas ao nível do piso superior, sobre o arco térreo estabelece a ligação entre a fachada principal e a posterior. O alçado principal é seccionado por pilastras que a dividem em três panos. Um central, aberto pelo arco de volta perfeita referido, sobrepujado por uma pedra de armas e uma edícula que, por sua vez, são flanqueadas por janelas de sacada com gradaria de ferro. Os corpos laterais, simétricos, são rasgados por duas portas ao nível da rua, envoltas por moldura de filetes, a que correspondem, no andar nobre, uma janela de sacada na extremidade e uma janela de peito.
No interior, ganha especial importância o hall de distribuição do espaço, empedrado e com os panos murários revestidos por painéis de azulejo de padrão azul e branco, a partir do qual se desenvolve a escadaria de dois lanços, de acesso ao piso superior.
Já no decorrer do século XX, a Câmara mudou de instalações e o edifício foi cedido, em 1987, à biblioteca municipal, sendo então objecto de uma campanha de obras de adaptação às novas funções.
(Rosário Carvalho)

Imagens

Bibliografia

Título

A Região de Lafões: subsídos para a sua história

Local

Coimbra

Data

1996

Autor(es)

MOURO, Manuel Barros