Saltar para o conteúdo principal da página

Conjunto constituído pelo Celeiro da Patriarcal, imóvel anexo à fachada posterior, pátio e portal de entrada - detalhe

Designação

Designação

Conjunto constituído pelo Celeiro da Patriarcal, imóvel anexo à fachada posterior, pátio e portal de entrada

Outras Designações / Pesquisas

Celeiro da Patriarcal(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Celeiro

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Lisboa / Vila Franca de Xira / Vila Franca de Xira

Endereço / Local

Avenida Pedro Víctor
Vila Franca de Xira

Rua Luís de Camões
Vila Franca de Xira

Número de Polícia: 130

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Portaria n.º 1158/2009, DR, 2.ª Série, n.º 212, de 2-11-2009 (ver Portaria)
Edital N.º 134/2006 de 20-04-2006 da CM de Vila Franca de Xira
Despacho de homologação de 3-02-2005
Despacho de concordância de 27-01-2005 do presidente do IPPAR
Parecer de 30-09-2004 do Conselho Consultivo do IPPAR a propor a classificação como CIP
Proposta de 23-03-2003 da DR de Lisboa para a classificação como IIP
Edital N.º 281/2002 de 17-09-2002 da CM de Vila Franca de Xira
Despacho de concordância de 9-05-2002 do vice-presidente do IPPAR
Proposta de 7-05-2002 da DR de Lisboa para inclusão na futura classificação do imóvel anexo à fachada posterior do celeiro, do pátio e do portal de entrada
Despachos de abertura de 14-02-2002 e de 9-05-2002 do vice-presidente do IPPAR
Proposta de 19-10-2001 da DR de Lisboa para a abertura da instrução de processo de classificação
Proposta de 27-10-1989 da CM de Vila Franca de Xira para a classificação do Celeiro da Patriarcal, após deliberação camarária de 18-10-1989

ZEP

Portaria n.º 1158/2009, DR, 2.ª Série, n.º 212, de 2-11-2009 (sem restrições) (ZEP do Pelourinho de Povos e do Conjunto constituído pelo Celeiro da Patriarcal, imóvel anexo à fachada posterior e portal de entrada) (ver Portaria)
Edital N.º 134/2006 de 20-04-2006 da CM de Vila Franca de Xira
Despacho de homologação de 29-05-2003 do Ministro da Cultura
Parecer favorável de 7-05-2003 do Conselho Consultivo do IPPAR
Proposta de 25-03-2009 da DR de Lisboa (ZEP conjunta do Pelourinho e do Celeiro da Patriarcal)

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Edificado no final do século XVIII, por iniciativa do Patriarca de Lisboa, o Celeiro é uma construção de cariz utilitário, onde a depuração e a sobriedade arquitectónica predominam. A sua inserção na malha urbana valoriza o edifício, que se impõe pelas suas dimensões.
Desenvolve-se em planta rectangular, com fachadas principal e posterior simétricas, sendo que a primeira é aberta por uma porta, central, flanqueada por pilastras. Ladeiam-na duas janelas de cantaria simples e verga curva. O alçado termina num frontão triangular, que exibe, no tímpano, um medalhão assente sobre uma base de enrolamentos, apresentando, no seu interior, motivos vegetalistas em aspa. No interior, o espaço organiza-se em três naves, a central mais reduzida, separadas entre si por pilares.
Coincidindo a sua época de construção com o período pombalino, o Celeiro da Patriarcal aliou a esta influência arquitectónica a sua vocação prática, de armazenar as colheitas provenientes das terras pertencentes à Patriarcal. Desta confluência resultou um imponente imóvel, fortemente marcado por uma grande depuração e funcionalidade.
Em 1836 o edifício foi adquirido pela Companhia das Lezírias do Tejo e Sado, no âmbito da compra, por parte desta instituição, de várias propriedades pertencentes à Patriarcal. Actuamente, o Celeiro constitui um dos equipamentos culturais de Vila Franca de Xira, dispondo de um auditório e acolhendo inúmeras exposições temporárias.
(Rosário Carvalho)

Imagens

Bibliografia

Título

Monumentos e Edifícios Notáveis do Distrito de Lisboa, vol. III (Mafra, Loures e Vila Franca de Xira)

Local

Lisboa

Data

1963

Autor(es)

AZEVEDO, Carlos de, FERRÃO, Julieta, GUSMÃO, Adriano de