Saltar para o conteúdo principal da página

Éden-Teatro - detalhe

Designação

Designação

Éden-Teatro

Outras Designações / Pesquisas

Teatro Eden / Teatro Eden(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Teatro

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Lisboa / Lisboa / Santa Maria Maior

Endereço / Local

Praça dos Restauradores
Lisboa

Número de Polícia: 17-24

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 8/83, DR, I Série, n.º 19, de 24-01-1983 (ver Decreto)

ZEP

Despacho de 18-10-2011 do diretor do IGESPAR, I.P. a concordar com o parecer e a devolver o processo à DRC de Lisboa e Vale do Tejo para apresentar propostas de ZEP individuais, ou conjuntas nos casos em que tal se justifique
Parecer de 10-10-2011 da SPA do Conselho Nacional de Cultura a propor o arquivamento
Proposta de 22-08-2006 da DR de Lisboa para a ZEP conjunta do Castelo de São Jorge e restos das cercas de Lisboa, Baixa Pombalina e imóveis classificados na sua área envolvente
Portaria n.º 529/96, DR, I Série-B, n.º 228, de 1-10-1996 (sem restrições) (ZEP dos edifícios classificados da Avenida da Liberdade e área envolvente) (ver Portaria)
Edital N.º 43/96 de 24-03-1996 da CM de Lisboa
Despacho de homologação de 8-09-1995 do Secretário de Estado da Cultura
Despacho de aprovação de 5-04-1995 do presidente do IPPAR
Parecer de 21-02-1995 do Conselho Consultivo do IPPAR a propor a alteração da delimitação
Proposta de 24-01-1995 da DR de Lisboa

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Inaugurado em 1937, sob risco do Arq.º Cassiano Branco, sobre uma antiga garagem, este edifício foi sujeito a diversas alterações da autoria de diferentes arquitectos, acabando por ser adaptado a novas finalidades, que não as iniciais (casa de espectáculos), resultando num hotel, nos pisos superiores, e num largo espaço comercial no andar térreo.
De típica construção dos inícios dos anos trinta do séc. XX, o teatro apresenta planta rectangular, que prima pela evidente horizontalidade e cobertura em terraço.
No exterior, podemos observar amplas entradas marmoreadas na fachada principal, que se encontram coroadas por um conjunto de janelas dispostas horizontalmente, as quais rasgam um pano de parede em ressalto. De salientar, será, ainda, o facto de o alçado principal apresentar dois panos, sendo o central de cota menos elevada do que a dos laterais. Panos estes, que são ritmados e apartados pela presença de três janelas trifacetadas e constituídas por quadrículas férreas e vítreas, tipo bow-window, ladeadas por pilastras encimadas por máscaras. No friso superior de todo este conjunto, podemos ainda observar algumas quadrículas e rectângulos de baixos-relevos, evocativos das artes representadas no interior da sala de espectáculos, que foi o Éden.
Interiormente, são de destacar o jogo dinâmico dos seus acessos (que provocam uma animada circulação, em escadarias suspensas que se cruzam) e os vários pormenores decorativos.
[AMartins]

Imagens

Bibliografia

Título

Cassiano Branco, Uma Obra para o Futuro

Local

-

Data

1991

Autor(es)

AA. VV.

Título

Cassiano Branco: a obra. Tese de mestrado

Local

Lisboa

Data

1998

Autor(es)

CARVALHO, Maria de Jesus Mendes

Título

Cassiano Branco

Local

Vila do Conde

Data

2011

Autor(es)

BÁRTOLO, José

Título

Arquitectura Moderna e Obra Global a partir de 1900

Local

Porto

Data

2009

Autor(es)

TOSTÕES, Ana