Saltar para o conteúdo principal da página

Igreja da Misericórdia de Freixo de Espada à Cinta - detalhe

Designação

Designação

Igreja da Misericórdia de Freixo de Espada à Cinta

Outras Designações / Pesquisas

Igreja e Hospital da Santa Casa da Misericórdia de Freixo de Espada-à-Cinta (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Igreja

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Bragança / Freixo de Espada à Cinta / Freixo de Espada à Cinta e Mazouco

Endereço / Local

Praça Jorge Álvares
Freixo de Espada à Cinta

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 38 491, DG, I Série, n.º 230, de 6-11-1951 (ver Decreto)

ZEP

Portariade 10-01-1953, publicada no DG, II Série, n.º 19, de 23-01-1953 (com ZNA)

Zona "non aedificandi"

Portariade 10-01-1953, publicada no DG, II Série, n.º 19, de 23-01-1953

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Embora não subsistam muitos elementos documentais que comprovem a data exacta da sua instituição, sabe-se que a Misericórdia de Freixo de Espada à Cinta terá sido fundada nos primeiros anos do século XVI. Logo de seguida, a irmandade iniciou a construção do seu hospital, junto à igreja matriz, concluído antes de 1515.
A igreja da Misericórdia foi edificada alguns anos depois, cerca de 1525, na zona contígua ao hospital. No ano de 1527 o arcebispo primaz de Braga D. Diogo de Sousa autorizou a abertura da "capela da Misericórdia" ao culto, erguida no "hospital da dita vila", o que comprova que na época o templo estava já terminado (CARVALHO, Isabel, PEREIRA, Mª Assunção, 1996, p. 77).
No entanto, em meados de Quinhentos a irmandade achou necessário ampliar o seu templo, mas as dificuldades económicas por que passava limitaram as obras à capela-mor. A ampliação deste espaço, bem como a execução do novo retábulo, foram terminados em 1559 (Idem, ibidem).
Assemelhando-se a uma fortaleza urbana, o modelo da Misericórdia de Freixo de Espada à Cinta apresenta uma curiosa afinidade com a arquitectura civil do início do século XVI, que precisamente utilizou elementos das construções militares, nomeadamente a estrutura de torreões, para o enobrecimento dos edifícios.
A sua fachada, de linhas muito austeras, exibe como únicos elementos decorativos o portal de volta perfeita, rasgado no primeiro registo, com um nicho colocado no fecho do mesmo, uma pequena janela rasgada no alinhamento do portal, e uma sineira colocada no remate do pano murário. Lateralmente, foi rasgada uma porta de acesso ao interior do templo, semelhante à da fachada principal. Do lado direito do frontispício foi aberta uma porta que dá acesso à antiga Casa do Despacho e ao Hospital.
O espaço da capela-mor distingue-se do corpo primitivo. Embora mantenha a mesma tipologia militar, é mais largo e alto, rasgado por janelas no registo superior e decorada com gárgulas no friso de remate.
O interior, de nave única, possui do lado da Epístola uma capela lateral, à qual se tem acesso por arco pleno, que alberga no seu interior um altar renascentista com vestígios de pintura de fresco. Este altar foi adquirido pela irmandade em 1616, sendo originário da igreja de Lagoaça (Idem, ibidem).
A capela-mor, muito alta mas pouco profunda, é coberta por abóbada de nervuras, adaptada da edificação original, apresentando nas paredes laterais alguns vestígios de pintura a fresco, no lado do Evangelho uma composição com a representação da Última Ceia , do lado oposto uma figuração do Lava-pés .
O retábulo-mor quinhentista foi substituído entre 1731 e 1734, quando os irmãos contrataram o mestre Frutuoso Lourenço Ferraz para executar um novo conjunto retabular de talha de estilo nacional. Esta obra aproveitou os painéis maneiristas executados cerca de 1570 para o retábulo antigo da igreja, figurando ao centro a Nossa Senhora da Misericórdia , ladeada pelas tábuas da Oração de São Joaquim e Santa Ana , Visitação , Sagrada Família , Pentecostes , São Francisco e Santo António .
Catarina Oliveira
IPPAR/2005

Imagens

Bibliografia

Título

Inventário do Património artístico-religioso do concelho de Freixo de Espada à Cinta, in II Edição do programa Nacional de Bolsas de Investigação para Jovens Historiadores e Antropólogos

Local

Porto

Data

1996

Autor(es)

CARVALHO, Isabel Ruth de Paula, PEREIRA, Maria da Assunção Queirós

Título

De Freixo a Freixo de Espada à Cinta. Notas de monografia, 2 vols.

Local

Freixo de Espada à Cinta

Data

1996

Autor(es)

PINTADO, Francisco António

Título

Igreja da Misericórdia de Freixo de Espada-à-Cinta, Boletim da DGEMN, nº 114

Local

Lisboa

Data

1963

Autor(es)

-

Título

Manuelino. À descoberta da arte do tempo de D. Manuel I

Local

Lisboa

Data

2002

Autor(es)

DIAS, Pedro

Título

A arquitectura manuelina

Local

Vila Nova de Gaia

Data

2009

Autor(es)

DIAS, Pedro

Título

Retábulos das Misericórdias Portuguesas

Local

Faro

Data

2009

Autor(es)

LAMEIRA, Francisco