Saltar para o conteúdo principal da página

Solar dos Donas Botto Pinto, também designado Casa de João Marçal - detalhe

Designação

Designação

Solar dos Donas Botto Pinto, também designado Casa de João Marçal

Outras Designações / Pesquisas

Solar dos Donas-Botto Pinto (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Conjunto

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Guarda / Vila Nova de Foz Côa / Sebadelhe

Endereço / Local

Largo da Praça
Sebadelhe

Número de Polícia: 34

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MIP - Monumento de Interesse Público

Cronologia

Portaria n.º 740-DD/2012, DR, 2.ª série, n.º 248 (suplemento), de 24-12-2012 (ver Portaria)
Procedimento prorrogado até 31-12-2012 pelo Decreto-Lei n.º 115/2011, DR, 1.ª série, n.º 232, de 5-12-2011 (ver Diploma)
Anúncio n.º 16469/2011, DR, 2.ª série, n.º 216, de 10-10-2011 (ver Anúncio)
Parecer favorável de 10-10-2011 da SPAA do Conselho Nacional de Cultura
Proposta de 23-05-2011 da DRC do Norte para a classificação como MIP
Procedimento prorrogado pelo Despacho n.º 19338/2010, DR, 2.ª série, n.º 252, de 30-12-2010 (ver Despacho)
Despacho de abertura de 4-09-2008 da subdirectora do IGESPAR, I.P.
Proposta de (nova) abertura de 17-07-2008 da DRC do Norte
Despacho de homologação de 19-02-1974 do Secretário de Estado da Educação e Cultura
Parecer de 15-02-1974 da JNE a propor a manutenção da classificação proposta
Despacho de homologação de 15-02-1956
Parecer de 10-02-1956 da JNE a propor a classificação de toda a sala com pinturas como VC
Proposta de 14-01-1956 da DGEMN para a classificação das pinturas a óleo nas paredes do imóvel

ZEP

Portaria n.º 740-DD/2012, DR, 2.ª série, n.º 248 (suplemento), de 24-12-2012 (sem restrições) (ver Portaria)
Anúncio n.º 16469/2011, DR, 2.ª série, n.º 216, de 10-10-2011 (ver Anúncio)
Parecer favorável de 10-10-2011 da SPAA do Conselho Nacional de Cultura
Proposta de 23-05-2011 da DRC do Norte

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Embora se desconheça a data de construção do Solar Donas Boto Pinto, a sua tipologia inscreve-se na tradicional arquitectura solarenga dos séculos XVII-XVIII. Composto por três volumes, a casa principal, a capela e uma casa secundária, a análise formal do edifício «aponta-nos para uma sucessão de ampliações e melhoramentos (...). Não é possível identificar o "volume original" mas é possível reconhecer que durante a segunda metade do século XVIII o edifício conheceu investimentos importantes.» (Proposta de classificação, DRCN, 2008, p. 2)
Terá sido nesta época que a família Donas Boto Pinto terá alcançado "poder económico e social". No conjunto destacam-se a capela dedicada a Santo António, com retábulo de talha rococó, e o salão nobre do solar, cujas quatro paredes e o tecto estão integralmente cobertas por um conjunto de pinturas murais de cariz mitológico. Este programa decorativo é inédito na arquitectura civil da região, apresentando no entanto muitas semelhanças estilísticas com as pinturas do tecto da Matriz de Vila Nova de Foz Côa (idem, p. 3).
Catarina Oliveira
DIDA/ IGESPAR, I. P./ Outubro de 2011

Imagens

Bibliografia

Título

Por terras do concelho de Foz Côa. Subsídios para a sua história, estudo e inventário do seu património

Local

Vila Nova de Foz Côa

Data

1999

Autor(es)

TRABULO, António A. Rodrigues, COIXÃO, António do Nascimento Sá

Título

História do Bispado e Cidade de Lamego, vol. VI - Barroco (II)

Local

Lamego

Data

1996

Autor(es)

COSTA, Manuel Gonçalves da