Saltar para o conteúdo principal da página

Casa da Mala-Posta, também designada Casa do Capitão-Mor - detalhe

Designação

Designação

Casa da Mala-Posta, também designada Casa do Capitão-Mor

Outras Designações / Pesquisas

Casa da Mala-Posta / Casa da Malaposta / Casa do Capitão-Mor(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Casa

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Évora / Arraiolos / Arraiolos

Endereço / Local

Praça da República
Arraiolos

Proteção

Situação Actual

Em Vias de Classificação

Categoria de Protecção

Em Vias de Classificação (Homologado como IM -...

Cronologia

Em 6-06-2018 foi reafirmado à CM de Arraiolos que podia concluir o procedimento de classificação, mas como MIM
Enviada cópia do processo pelo Ministério da Cultura à CM de Arraiolos em 3-05-2010 a fim de ponderar a conclusão do procedimento
Despacho de homologação de 15-03-1988 da Secretária de Estado da Cultura
Parecer de 25-02-1988 do Conselho Consultivo do IPPC a propor a classificação como VC
Proposta de 26-11-1985 da CM de Arraiolos para a classificação como IIP

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A Casa do Capitão-Mor foi edificada, muito possivelmente, no final do século XVIII, contribuindo para a renovação arquitectónica do Rossio, espaço onde se inscreve, ainda, a ermida de São Romão, de época anterior, mas remodelada neste século, e uma outra casa, mais tardia, mas que seguiu o modelo da do Capitão-Mor (CARREIRA, 1995, p. 77). A malha urbana de Arraiolos encontrava-se definida desde o século XVI, e as centúrias seguintes pouco acrescentaram à estruturação quinhentista. As alterações registaram-se, sobretudo, ao nível da arquitectura, constituindo as fachadas dos imóveis o melhor testemunho desta evolução (IDEM, p. 76).
De acordo com as informações disponíveis, este imóvel foi edificado para residência do último Capitão-Mor de Arraiolos, Manuel José Mendes de Carvalho, "provido por carta patente de D. João VI de 1802" (ESPANCA, 1975). Com o advento da Mala-Posta, no início do século XX, tornou-se sede desta organização, passando a ser conhecida pela sua designação, e, mais tarde, já na segunda metade do século XX, serviu como quartel dos Bombeiros (IDEM). Actualmente, e desde Dezembro de 2001, acolhe a Biblioteca Municipal de Arraiolos.
De planta rectangular, a casa do Capitão-Mor, ou da Mala-Posta, caracteriza-se por uma configuração simples e despojada. Na fachada principal, os vãos concentram-se ao centro do alçado, alinhando-se as portas e janela do piso térreo com as janelas de sacada do andar superior. No alçado lateral, destaca-se a porta central, mais larga, flanqueada por duas janelas de linhas rectas. No andar superior, os vãos encontram-se alinhados, com uma janela de sacada ao centro, e duas de peito a ladeá-la. O único elemento de destaque em ambas as fachadas são as cornijas que rematam as janelas e que acompanham a sua configuração - recta no piso térreo e curvas no andar nobre, interrompendo a linha da cornija do edifício. O alçado posterior abre-se para um pátio de pequenas dimensões.
No interior, o portal principal permite o acesso a um átrio coberto por abóbada de arestas, acedendo-se ao primeiro andar através de uma escadaria de granito.
(Rosário Carvalho)

Imagens

Bibliografia

Título

Inventário Artístico de Portugal - vol. VIII (Distrito de Évora, Zona Norte, volume I)

Local

Lisboa

Data

1975

Autor(es)

ESPANCA, Túlio

Título

Memorias da Villa de Arrayolos

Local

Arraiolos

Data

1999

Autor(es)

RIVARA, Joaquim Heliodoro da Cunha

Título

Subsídios para o estudo da evolução urbana na Vila de Arraiolos , Dissertação de Mestrado em Recuperação do Património Arquitectónico e Paisagístico, apresentada à Universidade de Évora

Local

Évora

Data

1995

Autor(es)

CARREIRA, Maria Isabel Marreiros