Saltar para o conteúdo principal da página

Solar dos Silveiras, também denominado «Casa da Família do General Silveira» - detalhe

Designação

Designação

Solar dos Silveiras, também denominado «Casa da Família do General Silveira»

Outras Designações / Pesquisas

Solar dos Silveiras / Casa da família do General Silveira (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Solar

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Vila Real / Peso da Régua / Poiares e Canelas

Endereço / Local

Rua da Cadeia
Canelas do Douro

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IM - Interesse Municipal

Cronologia

A classificação como VC foi convertida para IM nos termos do n.º 2 do art.º 112.º da Lei n.º 107/2001, publicada no DR, I Série-A, N.º 209, de 8-09-2001
Decreto n.º 67/97, DR, I Série-B, n.º 301, de 31-12-1997 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Francisco da Silveira Pinto da Fonseca, nascido em Canelas no ano de 1763, notabilizou-se no decorrer das Invasões Francesas, ganhando grande prestígio pela defesa de Amarante e por outros feitos que lhe valeram o título de Visconde de Amarante, passado por D. Maria em 1811. O seu nome tornou-se, assim, uma referência local, passando a casa da família a ser conhecida também como a do general Silveira.
Implantada na rua da Cadeia, para a qual se abre o portão de acesso ao pátio e entrada, é uma construção de grandes dimensões, erguida certamente no decorrer do século XVIII, mas onde se detecta um conjunto de elementos de gosto mais tardio e neoclássico, que poderiam corresponder a uma campanha de obras posterior.
O portão de entrada, em arco abatido, inscreve-se num pano murário limitado por pilastras que suportam um entablamento largo e o frontão triangular, no eixo dos quais se exibe o brasão com as armas dos Silveiras, Teixeiras, Pereiras e Pintos.
A fachada principal da casa, a poente e de piso único, é aberta por seis janelas e uma porta central, rematadas por frontão de volutas interrompido. O alçado posterior, desenvolve-se em três pisos, todos eles marcados pela abertura simétrica de sete vãos unidos verticalmente por uma moldura de granito e rematados, os do último andar, por um frontão triangular afastado das janelas, mas tangencial à cornija.
(RC)