Saltar para o conteúdo principal da página

Ermida de São Pedro das Cabeças - detalhe

Designação

Designação

Ermida de São Pedro das Cabeças

Outras Designações / Pesquisas

Capela de São Pedro das Cabeças / Ermida de São Pedro das Cabeças (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Ermida

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Beja / Castro Verde / Castro Verde e Casével

Endereço / Local

Estrada Municipal Castro Verde - Giraldo
Castro Verde

Proteção

Situação Actual

Procedimento encerrado / arquivado - sem protecção legal

Categoria de Protecção

Não aplicável

Cronologia

Despacho de encerramento de 22-12-2008 do director do IGESPAR, I.P.
Proposta de encerramento de 15-12-2008 da DRC do Alentejo

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A pequena e graciosa Ermida de São Pedro das Cabeças ergue-se numa elevação dos arredores de Castro Verde, no local onde, segundo a lenda, se terá realizado a Batalha de Ourique. Ainda de acordo com a tradição, o pequeno templo seria mandado construir por D. Sebastião na segunda metade do século XVI, em homenagem à vitória de D. Afonso Henriques sobre os cinco reis mouros que constituiu um momento fundador do reino de Portugal. Na sua vizinhança foi erguido, já no reinado de D. Maria I, um padrão comemorativo da batalha, deslocado para Castro Verde em 1960.
A ermida segue uma tipologia habitual para a época e local, de cunho popular e vernacular. É composta pelos corpos quadrangulares adossados da nave e da capela-mor, iluminados apenas pelos vãos da fachada principal e por uma janelinha na parede norte da abside. A fachada principal é rasgada por um portal rectangular acessível por um degrau, e ladeado por duas pequenas janelas, rematando em empena triangular com beiral e urnas sobre os cunhais. No topo levanta-se um pequeno campanário central, de construção posterior. Os alçados laterais são ritmados por três contrafortes. A cabeceira possui um contraforte central, encimado por um marco geodésico.
A nave possui cobertura em abóbada de berço, e a capela-mor é rematada por cúpula. O arco triunfal é de volta perfeita, sobre pilastras. O altar-mor é em madeira, decorado com as armas de São Pedro (mitra e chaves cruzadas) no frontal, e encimado por nicho de alvenaria em arco de volta perfeita, exibindo uma imagem popular do santo. As paredes e coberturas encontram-se integralmente caiadas.
Sílvia Leite/DIDA/IGESPAR, I.P./2009

Imagens