Saltar para o conteúdo principal da página

Conjunto edificado da Avenida da Liberdade - detalhe

Designação

Designação

Conjunto edificado da Avenida da Liberdade

Outras Designações / Pesquisas

Conjunto de construções do início do séc. XX (edifícios 817, 805, 797, 777, 757, 773, 745, 733, 715 e os referentes ao "O Nosso Café", herdeira de Raúl Dias, Sociedade Teatro Circo e Crédito Predial Português, refrente ao conjunto de construções entre o extremo NE da Av. da Liberdade e a Rua do Dr. Gonçalo Sampaio)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Conjunto Urbano

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Braga / Braga / Braga (São Vicente)

Endereço / Local

Avenida da Liberdade
Braga

Número de Polícia: 715-817

Proteção

Situação Actual

Procedimento encerrado / arquivado - sem protecção legal

Categoria de Protecção

Não aplicável

Cronologia

Anúncio n.º 13514/2012, DR, 2.ª série, n.º 192, de 3-10-2012 (ver Anúncio)
Despacho de arquivamento de 29-06-2012 do diretor-geral da DGPC
Parecer favorável de 18-06-2012 da SPAA do Conselho Nacional de Cultura
Proposta de 15-04-2011 da DRC do Norte para o arquivamento do procedimento e envio à CM de Braga para eventual classificação como CIM, por ter havido transformação de imóveis que criaram novos espaços e volumetrias que não correspondem a um valor nacional
Despacho de homologação de 23-07-1986 da Secretária de Estado da Cultura
Parecer de 24-06-1986 do Conselho Consultivo do IPPC a propor o prosseguimento do processo
Despacho de homologação de 16-02-1983 do Secretário de Estado da Cultura
Parecer de 4-02-1983 da Assessoria Técnica do IPPC favorável à classificação como IIP
Ofício de 29-01-1982 à CM de Braga a informar que se encontra em vias de classificação
Parecer favorável de 29-12-1981 da Assessoria Técnica do IPPC
Proposta de classificação de 25-05-1981 da Universidade do Minho

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Preenchendo um quarteirão no extremo da Avenida da Liberdade, este conjunto de edifícios foi construído no início do século XX segundo projectos do arquitecto João de Moura Coutinho, autor de várias obras na cidade de Braga.
A edificação deste núcleo de arquitectura civil surgiu a partir da construção do Teatro Circo, entre 1906 e 1915, englobando inúmeros edifícios, entre eles o popular "O Nosso Café".
Os prédios construídos dividem-se por dois ou três andares, sendo comum em todos o aproveitamento do piso térreo para fins comerciais. O conjunto destaca-se pelo decorativismo das fachadas, de gosto ecléctico influenciado pela arquitectura romântica francesa de finais do século XX, bem como por alguns elementos revivalistas e outros de inspiração art nouveau .
Catarina Oliveira
IPPAR/2006

Imagens

Bibliografia

Título

Teatro Circo: oito décadas de um projecto colectivo na cidade de Braga, Mínia, nº3, 1995, pp. 109-132

Local

Braga

Data

1995

Autor(es)

MACEDO, Ana Maria Costa

Título

Recordando o arquitecto João de Moura Coutinho, Diário do Minho, 2 de Fevereiro de 1998

Local

Braga

Data

1998

Autor(es)

COSTA, Luís

Título

Coisas memoráveis de Braga

Local

Braga

Data

1984

Autor(es)

FEIO, Alberto