Saltar para o conteúdo principal da página

Conjunto de tanques cavados nos rochedos da Praia de Angeiras - detalhe

Designação

Designação

Conjunto de tanques cavados nos rochedos da Praia de Angeiras

Outras Designações / Pesquisas

Tanques Escavados nos Rochedos da Praia de Angeiras (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arqueologia / Complexo Industrial

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Porto / Matosinhos / Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo

Endereço / Local

Praia de Angeiras
-

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MN - Monumento Nacional

Cronologia

Decreto n.º 251/70, DG, I Série, n.º 129, de 3-06-1970 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Escavados no afloramento e actualmente situados sob o areal da praia de Angeiras, junto a Matosinhos, na Orla Marítima, estes tanques foram possivelmente construídos entre os séculos III e IV d. C. e encontram-se distribuídos ao longo de cerca de 600 m.
A classificação refere-se a seis conjuntos constituídos por vinte e dois tanques de forma rectangular e trapezoidal. De uso industrial romano, estas cetárias foram estruturadas com seixos assentes num suporte de barro amassado e apartadas umas das outras através de muretes levantados com lajes graníticas, eles próprios preenchidos com rodapé de seixos e barro.
O facto de estes elementos apresentarem uma profundidade superior à que seria de esperar no caso de se tratarem de tanques de fabricação de garum fará pressupor que se destinariam, sobretudo, ao fabrico de salmoura.
Nas proximidades destes seis conjuntos de cetárias encontraram-se vestígios de algumas edificações com pavimento de barro, bem como a Villa Romana de Fontão, com a qual estariam, eventualmente, associados.
[AMartins]

Imagens

Bibliografia

Título

Romanização das terras da Maia

Local

-

Data

1969

Autor(es)

ALMEIDA, Carlos Alberto F. de

Título

A indústria de conserva de peixe no Portugal Romano. O caso de Angeiras (Matosinhos, Porto), Matusinus. Revista de Arqueologia Matosinhense

Local

-

Data

1994

Autor(es)

CLETO, Joel Alves Cerqueira

Título

Sob as areias de Angeiras. Lavra: As salinas romano-medievais de Angeiras, Boletim da Biblioteca Municipal de Matosinhos

Local

-

Data

1994

Autor(es)

SILVA, Fernando Augusto Pereira da, CLETO, Joel Alves Cerqueira

Título

Escavações arqueológicas em Lavra: as salinas romano-medievais de Angeiras, Boletim da Bilbioteca Municipal de Matosinhos

Local

-

Data

1986

Autor(es)

SILVA, Fernando Augusto Pereira da

Título

Lavra, Apontamentos para a sua monografia

Local

-

Data

1969

Autor(es)

RAMOS, António Francisco

Título

Inventário de objectos e lugares com interesse arqueológico, Revista de Etnografia

Local

-

Data

1967

Autor(es)

LANHAS, Fernando

Título

A romanização das Terras da Maia, Estudos sobre a Terra da Maia

Local

Maia

Data

1969

Autor(es)

ALMEIDA, Carlos Alberto Ferreira de