Saltar para o conteúdo principal da página

Cruzeiro de Portalegre (São Bernardo) - detalhe

Designação

Designação

Cruzeiro de Portalegre (São Bernardo)

Outras Designações / Pesquisas

Cruzeiro de São Bernardo (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Cruzeiro

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Portalegre / Portalegre / Sé e São Lourenço

Endereço / Local

-- -
Alto da Fontedeira

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MN - Monumento Nacional

Cronologia

Decreto de 16-06-1910, DG, n.º 136, de 23-06-1910 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

O Cruzeiro de São Bernardo, como o seu nome indica, foi erguido diante do edifício da igreja do Mosteiro de São Bernardo de Portalegre, datando possivelmente da década de trinta do século XVI, altura em que se terminava a igreja, cujo portal principal estava concluído em 1538. Da obra original resta apenas o cruzeiro propriamente dito, em mármore branco de Estremoz, representando uma singela cruz latina sem qualquer ornamentação, que sustenta numa das faces um Cristo Crucificado, e na outra a tradicional Pietá. Este conjunto, de factura um tanto tosca, foi colocado sobre um fuste moderno, constituído por um pilar quadrangular liso e um capitel anódino, também em mármore. Esta adaptação, feita em data incerta, acompanhou o deslocamento do monumento para o Museu Municipal de Portalegre, que funcionou na igreja de São Bernardo entre 1932 e 1961, e está presentemente instalado num palacete junto à Sé, onde se conserva ainda boa parte do espólio do próprio Mosteiro de São Bernardo. SML

Imagens